continente
Novo Banco 2020
Santa Clara em Barcelos com histórico favorável em jogos na competição Santa Clara em Barcelos com histórico  favorável em jogos na competição

Santa Clara em Barcelos com histórico favorável em jogos na competição

Joga-se hoje o que resta da 24.ª jornada do Campeonato da Primeira Liga, dia em que o Santa Clara, depois da derrota por 2-0, com o FC Porto, no Estádio de São Miguel, desloca-se a Barcelos para enfrentar o Gil Vicente.

Quinta dos Lombos conquista a Taça de Portugal

Venceu o União Sportiva por 68-56

A Quinta dos Lombos conquistou a Taça de Portugal Feminina pela segunda vez na sua história, depois de superar o União Sportiva por 68-56, em Torres Novas.

Fonte do Bastardo ascende ao terceiro lugar

Voleibol

Na 24.ª jornada do Campeonato Nacional de voleibol da I Divisão sénior masculino, a Fonte do Bastardo foi à Nave Desportiva de Espinho vencer o Sporting Clube de Espinho, por 2-3 (25-20, 20-25, 22-25, 25-22 e 11-15).
O resultado permitiu ao conjunto açoriano apanhar os “tigres” no terceiro lugar, embora com os mesmos 55 pontos.
O Clube K, que não jogou permanece no 9.º lugar (34 pontos).
A ronda ficou ainda marcada com a vitória do Benfica, no Pavilhão Rainha D. Leonor, diante do SC Caldas, por 1-3 (12-25, 25-23, 22-25 e 12-25).
A 25.ª jornada está agendada para o próximo sábado, dia em que o Clube K joga em Matosinhos, diante do Leixões. Já a Fonte do Bastardo tem um teste difícil, diante do Benfica, líder da competição.

 

First718719720721723725726727Last
Todas as capas
Edição de 19 de Janeiro de 2021
Almanaque 2020

Editorial

Maria Corisca

  • 17 janeiro 2021
  • Autor: CA
  • 10 janeiro 2021
  • Autor: CA

Meus Queridos! Não faço nenhum balanço do ano de 2020 porque não quero entrar no jogo da maluqueira que vai pelo mundo fora, passando por Portugal à beira-mar plantado e que chega aos Açores através dos ventos cruzados que o anticiclone não contém… Enquanto se vai morrendo todos os dias aos milhares, há quem vá anunciando que vai haver novas pandemias mais devastadores num futuro próximo, …embora não expliquem quando nem como. Enquanto vão surgindo esses alertas, os grandes empórios vão-se organizando para tomar conta da humanidade, sem se dar por isso… Sem querer fulanizar os “boatos” que vão circulando acerca do futuro próximo… não posso deixar de apontar como preocupante a forma como os grandes poderes que se formaram no liberalismo da globalização e que são um perigo para a humanidade… Por exemplo,  Durão Barroso acabou de tomar posse como presidente da Gavi, que traduzida à letra é a Aliança Global para as Vacinas… Durão Barroso depois do percurso político nacional e internacional tornou-se uma “estrela do capitalismo” e agora vai trabalhar de graça, isto é, o que ele chama de “pró bono”… Pudera, pois ele tem acumuladas várias reformas entre elas a de antigo Presidente da Comissão Europeia… e outras prebendas que recebe daqui e dali… Mas deixemos os cargos e os vencimentos do homem, porque há outros sortudos como é o caso de Victor Constâncio que só não continua no olho da panela, porque depois de ter saído de Vice-governador do Banco Europeu apagou o histórico da memória e não sabe nada do passado… coisa que não acontece com Durão Barroso. Mas vamos saber o que é a Gavi que vai ser dirigida por Durão Barroso. Embora não seja uma mulher muito familiarizada com essas coisas tão pomposas como perigosas, vou procurar descrever o mundo da Gavi tal como li… Trata-se de uma parceria público-privada e ao mesmo tempo uma organização internacional… ( que faz lembrar as parcerias feitas pelo governo Socrático no tempo da ostentação de uma riqueza pindérica)… que depois ia levando todos à falência… É uma “Fundação de direito suíço” onde estão representados todos os Estados doadores e receptores e junta a indústria farmacêutica, organizações da sociedade civil, a Organização Mundial de Saúde  a UNICEF, o Banco Mundial, várias Fundações de que não se conhecem os fundadores, assim como a Fundação de Bill Gates… A Gavi tem 28 membros…  O Conselho da Aliança Global aparece coberto com o manto que o torna como um Conselho de Bem-Feitores, mas na prática é o braço armado do Fórum Económico Mundial de Davos que junta anualmente na Suíça os poderosos do mundo da política, da finança e da economia para acertarem estratégias para todos os anos aumentar o rendimento dos ricos e tornar os pobres mais pobres… Enquanto se morre da pandemia, as forças que movem os grandes interesses globais organizam-se, para na doença redobrarem os lucros que vão conseguir através da ciência e dos produtos que ela vai criando para conter os danos que a mundialização vai espalhando pelo globo… É livrar destes engenheiros do bem… que antes semeiam o mal… para depois aparecerem como generosos “benfeitores” a colher os grandiosos lucros que v&#

  • 3 janeiro 2021
  • Autor: CA

Opinião

Opinião - Bilhetes Postais

Opinião

  • 19 novembro 2020
  • Autor: CA

Opinião