Henrique de Aguiar e Manuel da Silveira foram condecorados pelo Presidente da República

Henrique de Aguiar e Manuel Garcia da Silveira foram agraciados com a Ordem de Mérito atribuída pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, aquando do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. As insígnias foram ontem impostas pelo Representante da República para a Região Autónoma dos Açores, Pedro Catarino, que destacou que por tradição no dia 10 de Junho são atribuídas condecorações a cidadãos e instituições açorianas “que se notabilizaram pelas suas actividades públicas e privadas, honrando os Açores e Portugal”. Este ano foi reconhecido o “notável exemplo” de dois cidadãos dos Açores que se distinguiram “pelo amor à terra e às suas gentes”, explicou Pedro Catarino. O Representante da República para os Açores acrescentou que “quer um quer outro, teimosa e conscientemente, têm dedicado as suas vidas e as suas capacidades e energias à defesa dos seus ideais, ao bem do próximo e da sua comunidade e à defesa intransigente dos Açores”. Foi assim homenageado Henrique de Aguiar Oliveira Rodrigues, médico, mas que também se destacou pela sua “consciência social e papel interventivo quanto aos problemas da sociedade”. Passou pela política e pela História e ainda preside ao Instituto Cultural de Ponta Delgada. Manuel Garcia da Silveira, “notável figura do clero açoriano”, que respondeu cedo à sua vocação eclesiástica e passou por várias paróquias nos Estados Unidos antes de regressar à ilha de São Jorge onde reside há 39 anos. Ao longo da vida distinguiu-se em todas as áreas da sua actividade. “Dotado de uma vasta cultura e de uma profunda humanidade, com o dom da palavra e da escrita, com a benevolência do seu carácter, tornou-se, na sua paróquia e na sua ilha de eleição, São Jorge, uma figura respeitada e venerada por todos”, aferiu Pedro Catarino. Manuel Garcia da Silveira também se dedicou à valorização do património, apaixonado pela História e grande defensor do património artístico e cultural de São Jorge. “A sua contribuição para a defesa e preservação do património artístico e cultural de São Jorge ficará para a história”, afirmou o Representante da República para os Açores. Henrique de Aguiar destacou a homenagem que agora lhe foi prestada com humildade e agradecimento, bem como Manuel Garcia da Silveira que disse ter recebido a distinção com surpresa.
Print
Autor: Carla Dias

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima