27 de abril de 2019

Arquipélago com 89 artistas açorianos 318 nacionais e com 69 internacionais

O Executivo açoriano anunciou que vai aprovar, em breve, um diploma com a nova orgânica da Direcção Regional da Cultura, integrando o Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas na estrutura organizacional da Administração Pública regional.
Em resposta a um requerimento do CDS/A entregue na Assembleia Legislativa Regional, é referido que os montantes orçamentais anuais atribuídos foram de 234.629 em 2017; 230 mil euros em 2018; e 170 mil euros em 2019.
Actualmente, encontram-se ao serviço no Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas um total de 17 colaboradores, incluindo um director artístico, titulares de contratos de prestação de serviços, substanciados nas modalidades de avença.
O quadro de vencimento tem como referência o vencimento base de cada uma das categorias da função pública, sendo a média mensal para funções idênticas às de um técnico superior, 1.817.21 euros com IVA incluído;  para funções idênticas às de um assistente técnico, de 1.130.88 euros; e para funções idênticas às de um assistente operacional, de 737 euros isentos de IVA.
O Governo dos Açores confirma que existe no Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas um director artístico, titular de um contrato de prestação de serviços, modalidade de avença, cujo valor mensal é de 4.631.55 euros com IVA incluído.
Na mesma resposta ao requerimento, é anunciado que entre 2015 e 2018 foram programados 89 artistas regionais, 328 artistas nacionais e 68 artistas estrangeiros. Esclarece o Executivo açoriano que a “internacionalização dos artistas açorianos” é um dos objectivos principais do ‘Arquipélago’, sendo certo que o Centro “tem como dever contribuir para que os artistas açorianos cimentem o seu percurso artístico, quer ao nível nacional, quer ao nível internacional”. Assim, acrescenta o Governo, ao nível das artes visuais, “tem-se convidado curadores nacionais e internacionais com percursos profissionais reconhecidos internacionalmente, já que são estes que seleccionam os artistas para integrarem os circuitos institucionais da Arte Contemporânea”.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima