Derrota do FC Santa Bárbara

Deixa contas complicadas

A equipa do FC Santa Bárbara ao perder, em São Vicente Ferreira, por 5-2, com o Barbarense, ficou com as contas complicadas para assegurar a manutenção na 2.ª divisão nacional de futsal.
O conjunto da ilha de São Miguel terá pela frente as duas equipas que estão a 3 pontos e que estão também na luta para evitarem serem antepenúltimas nesta fase de manutenção/descidas da série Açores, disputada apenas numa volta.
O FC Santa Bárbara joga Sábado em Angra do Heroísmo com o Lusitânia e recebe a 11 de Maio a Casa da Ribeira. Para evitar a descida tem de ganhar ambos os jogos.
Quer a Casa da Ribeira quer o Lusitânia têm um jogo complicado para além do que vão disputar com o FC Santa Bárbara. Sábado a Casa da Ribeira recebe o Santa Clara e na jornada final o Lusitânia actua no recinto do Barbarense, adversários que já têm a manutenção assegurada.
O FC Santa Bárbara até começou bem o jogo com o Barbarense. Pedro Cabral (13m) deu vantagem, mas até ao intervalo a equipa da freguesia terceirense de Santa Bárbara marcou 3 golos por Felizardo Miranda (15m), João Bettencourt (17m) e Tiago Nascimento (18m).
A superioridade da equipa do Barbarense continuou na 2.ª parte, quando Tiago Nascimento (27m) e João Bettencourt (30m) elevaram a contagem para 5-1. Já sem Hugo Anjos em campo, por ter sido expulso por ter visto o segundo cartão amarelo, Leonardo Rebelo (39m) marcou o 5-2 final.
O Santa Clara, que teve de jogar no pavilhão do Livramento (no último jogo em casa, com o Cedrense, volta a deixar o “Sidónio Serpa” e actuará no pavilhão do complexo desportivo da Ribeira Grande), venceu o Lusitânia, por 1-0.
O golo que ditou a vitória do actual líder desta fase da série Açores foi a 1 minuto do final e apontado por Diogo Pereira, na própria baliza. Um jogo que só teve um cartão amarelo.
A Casa da Ribeira foi ao campo do Ladeira Grande ganhar por 4-1, encerrando a 5.ª jornada, onde folgou o Cedrense.
Classificação actual: 1.º Santa Clara, 26 pts; 2.º Barbarense, 22; 3.ºs Casa da Ribeira e Lusitânia, 17; 5.º FC Santa Bárbara, 14; 6.º Cedrense, 6 e 7.º Ladeira Grande, 5 pts (estas duas últimas equipas já estão despromovidas).
Em relação ao vencedor da fase da regular da série Açores, o Posto Santo, da ilha Terceira, continua a somar derrotas e goleadas na fase final, zona Sul, da 2.ª divisão.
A sétima derrota foi em Óbidos, perante o líder (18 pontos) Olho Marinho, por 10-1, com  4-0 ao intervalo. 
Somente marcou 10 golos em 7 jogos, sofrendo 52 golos!

SANTA CLARA TEM DE VENCER

O Santa Clara para passar à segunda fase da Taça Nacional de futsal feminino, escalão sénior, tem de ganhar na receção ao Internacional de Évora, para ficar em 2.º lugar na série “G”.
O jogo, que deve ser disputado Sábado, está em atraso da 4.ª jornada. Não foi realizado a 13 de Abril porque o mau tempo impediu a viagem da equipa do Internacional. 
As duas derrotas nos jogos realizados fora deixaram o Santa Clara numa posição que, apesar de tudo, depende apenas de si. Depois da derrota, 5.ª feira, em Almada, por 7-2, com o Futsal Feijó, a equipa perdeu sábado, em Évora, com o Internacional, por 2-0.
Sofreu os golos na parte final do jogo. Aos 28 minutos marcou Inês Marques e aos 34m foi Sara Carvalho a introduzir a bola na própria baliza. 
Neste jogo não alinhou Sara Almeida, porque teve de cumprir 1 jogo de suspensão por ter visto o segundo “amarelo” e o consequente “vermelho” no jogo anterior com o Futsal Feijó.
O Internacional, somando 7 pontos, está apurado para a segunda fase. O Futsal Feijó soma 4 pontos e o Santa Clara 3. Se o Santa Clara realizar 4 pontos fica de fora porque está em desvantagem perante a equipa de Almada. Ganhou em São Miguel por 3-2 e perdeu fora por 7-2.

Print
Autor: CA

Categorias: Desporto

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima