“Ribeira Grande está a trabalhar para reduzir desperdícios e abolir plásticos”, garante Alexandre Gaudêncio

O município da Ribeira Grande está a desenvolver vários projectos que visam “recolher e reutilizar os resíduos orgânicos e abolir a utilização do plástico nos eventos promovidos pela autarquia ou em parceria com outras entidades”, destacou Alexandre Gaudêncio.
Essa declarações foram feitas pelo autarca na sessão de abertura do seminário “Economia circular e transição para uma economia de baixo carbono”, promovido pela Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada, durante o qual colocou ênfase na intenção da autarquia “contribuir para a melhoria ambiental no concelho e na ilha.”
“As preocupações ambientais são uma temática bastante pertinente nos dias de hoje e quero realçar algumas acções que temos vindo a desenvolver no sentido de sensibilizar os mais jovens para a importância da separação dos resíduos e para a influência positiva que eles também exercem junto dos pais”, acrescentou Alexandre Gaudêncio.
O autarca destacou a “experiência piloto que realizamos num bairro social da Ribeirinha, o Zero Waste, que permitiu recolher duas vezes por semana os resíduos orgânicos para depósito num compostor que gerou composto para ser utilizado nas hortas.”
Para além disso, revelou que está a ser ultimada a “logística necessária para que a recolha de resíduos orgânicos se estenda à restauração do concelho” e, no que concerne aos eventos, o propósito é abolir o plástico. “Estamos a trabalhar nesse sentido para que comece a ser implementado já este ano e que, em 2020, possamos ter eventos livres de plástico.”
Alexandre Gaudêncio realçou que o combate ao desperdício “é uma preocupação premente e presente e que importa reforçar, pois os dados estatísticos da recolha selectiva mostram que temos um longo caminho a percorrer.”
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima