Juvenis de Hóquei em Patins

Marítimo é tetracampeão açoriano

O Marítimo conquistou o seu quarto título consecutivo de campeão açoriano de hóquei em patins, em juvenis, prova que teve lugar no passado fim-de-semana na ilha do Pico.
Desde a época 2015-16, a primeira em que o clube teve o escalão juvenil, que o Marítimo tem ganho todas as edições do Campeonato Açoriano.
No primeiro jogo, disputado no sábado de manhã, o Marítimo venceu o Candelária por 4-3 (2-1 ao intervalo), com golos de Alexandre Resendes (2), Bernardo Cruz e Henrique Cabral, num jogo muito bem disputado, e com a incerteza no marcador até ao último segundo. O mesmo viria a acontecer da parte da tarde, curiosamente com o mesmo resultado (4-3), com4-1 no fim do 1º tempo, com os golos dos “azuis” a serem apontados por Alexandre Resendes, em mais um jogo muito equilibrado e com as duas equipas a praticarem um hóquei com qualidade, prendendo a atenção do público até final. Apitou estes dois jogos do sábado o árbitro picoense José Pereira.
Com duas vitórias no bolso, o Marítimo foi para o 3º jogo (domingo ao meio-dia) com o objectivo principal de, pelo menos empatar, o que lhe daria o título. Ao invés, para o Candelária era o tudo por tudo para adiar a decisão do título para o jogo da tarde. Em mais uma partida entre o Marítimo e o Candelária, onde o equilíbrio foi a tónica dominante, ao intervalo o marcador estava em branco, aparecendo os golos na 2ª parte, com a vitória a sorrir de novo ao Marítimo, desta feita por 3-2 (com 1 golo de João Tavares e 2 de Alexandre Resendes – ambos de livre directo) e, por conseguinte, a obtenção de mais um título de campeão açoriano. No último jogo da competição (apenas 5 horas após o termo do 3º jogo) e com o campeão já encontrado, o Marítimo ainda esteve a vencer por 2-0 mas o Candelária, que luta sempre até à exaustão, viria a vencer por 5-3 (Alexandre Resendes, Daniel Gomes e Bernardo Cruz marcaram para a formação azul e branca), num jogo apitado pelo árbitro micaelense Fernando Lopes, tal como havia acontecido no primeiro jogo de domingo.
No espaço de 31 horas, Marítimo e Candelária realizaram 4 jogos, muitíssimo disputados, o que deve ser motivo para reflectir acerca da sobrecarga física a que estes jovens estão sujeitos…
Todos os jogos tiveram lugar no Pavilhão de Desportos da Candelária.
A comitiva do Marítimo, coordenada por David Vieira, teve em Marta Resendes e Pedro Pimentel uma ajuda preciosa, e os campeões açorianos de juvenis de hóquei em patins, época 2018/2019, orientados por Marco Resendes, são: José Tavares, David Matos, Bernardo Cruz, José Tavares, Henrique Cabral, Alexandre Botelho, Alexandre Resendes, Henrique Pimentel e Daniel Gomes.

 

Print
Autor: CA

Categorias: Desporto

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima