Marta Guerreiro destaca “participação ambiental cada vez mais activa” da nova geração

“A participação cada vez mais activa” de uma nova geração, que está ciente dos desafios da actualidade no que diz respeito a um rumo de desenvolvimento sustentável, foi destacada pela Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo. “Ficamos satisfeitos por estes serem temas da ordem do dia, mas, mais do que isso, por terem uma ação consequente, com as pessoas e, principalmente, os nossos jovens a participar, a refletir, a sugerir e a pensar sobre as atitudes do presente as suas consequências no futuro”, salientou Marta Guerreiro.
 A titular da pasta do Ambiente afirmou que “está à vista” a importância de uma alteração de comportamentos, apelando, por isso, a “práticas amigas do ambiente”, que “podem e devem” ser levadas a cabo pelos cidadãos, pelo governo, pelas empresas e pelos mais diversos sectores de actividade.
 “Por exemplo, o combate aos plásticos descartáveis vem sendo uma prioridade deste Governo, com as mais diversas acções para resolução desta problemática”, acrescentou.
 Marta Guerreiro destacou a substituição dos sacos de plásticos descartáveis por meios alternativos e reutilizáveis e as campanhas ‘Diga NÃO aos plásticos descartáveis’ e ‘Açores sem palhinhas’, neste último caso, com a adesão de 232 estabelecimentos em todas as ilhas do arquipélago, tendo sido retiradas cerca de 380 mil palhinhas de plástico.
 Entre 2016 e 2018 foram distribuídos menos 153 milhões de sacos de plástico no comércio a retalho da Região, retirando do consumo cerca de mil toneladas de plásticos.
 Marta Guerreiro falava à margem de uma acção de limpeza no Ilhéu de Vila Franca do Campo, enquadrada na Campanha do Governo Regional ‘Açores Entre-Mares’, dinamizada anualmente pela Direcção Regional dos Assuntos do Mar, e que decorre em todas as ilhas entre 20 de Maio, Dia Europeu do Mar, e 8 de Junho, Dia Mundial dos Oceanos.
 Subordinado ao tema ‘Lixo Zero no Mar dos Açores’, o slogan este ano é ‘O Mar dos Açores não precisa de filtros, precisa de si’.
 Esta iniciativa, que este ano perfaz a 10.ª edição, tem como objectivo promover o conhecimento do mar e a sustentabilidade das actividades marítimas, envolvendo a sociedade açoriana na protecção e valorização do ambiente marinho do arquipélago.
 “Esta foi uma acção inserida num conjunto de tantas outras que estão a ser levadas a cabo em todas as ilhas, removendo toneladas de plástico que prejudicam os ecossistemas marinhos, estando presentes dezenas de pessoas que voluntariamente se encontram aqui a salvaguardar os nossos recursos naturais”, reforçou.
 A Secretária Regional frisou ainda que “o ilhéu de Vila Franca do Campo é um ex-libris do ponto de vista turístico, é também uma das 123 áreas protegidas dos Açores, com um património ambiental único que deve ser preservado, pelo que deixamos uma palavra ao Clube Naval de Vila Franca do Campo por se ter associado a esta campanha tão relevante”.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima