Qualidade da água das zonas balneares de Ponta Delgada é excelente, referem dados da Direcção Regional do Mar

A qualidade da água de cinco das seis das zonas balneares da responsabilidade do Município de Ponta Delgada é excelente, de acordo com dados agora divulgados pela Direcção Regional dos Assuntos do Mar.
A única zona balnear municipal que obtém a classificação de “Boa”, no que respeita à qualidade da água, é a praia dos Mosteiros. Mesmo assim, esta é uma classificação que se encontra no topo das melhores classificações a nível regional.
Os Açores têm 70 águas balneares aprovadas para este ano, as mesmas do que em 2017.
Assim, as praias das Milícias e Pópulo e as zonas balneares Poças Sul dos Mosteiros, Poços São Vicente Ferreira/Capelas e Forno da Cal, todas elas com o galardão da Bandeira Azul da Europa, obtiveram a classificação de “Excelente”, no total das  8 identificadas no concelho de Ponta Delgada.
Saliente-se que, segundo os dados em referência, a ilha de São Miguel, com um total de 24, é aquela que tem o maior número de águas balneares identificadas, seguida da Terceira, com 15, e do Pico, com 11.
Já a ilha do Faial tem seis águas balneares identificadas, enquanto Graciosa e Santa Maria têm quatro cada.
São Jorge tem três águas balneares identificadas, Flores tem duas e Corvo uma. 
A entidade responsável pelo processo de identificação das águas balneares nos Açores e, também, pela monitorização da qualidade das mesmas é a Direcção Regional dos Assuntos do Mar.
De referir que para o cálculo da qualidade da água das zonas balneares, relativo ao último ano, foram utilizados os resultados da monitorização realizados entre 2015 e 2018.
O número de águas balneares com classificação de “Excelente” aumentou, ainda segundo a Direcção Regional dos Assuntos do Mar, passou de 55 em 2017 para 65 em 2018.
Mais de 90% das 70 águas balneares costeiras identificadas nos Açores em 2018 têm classificação de “Excelente” e “Boa”.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

x
Revista Pub açorianissima