Festival Lagoa Bom Porto termina este Domingo

Para nos falar particularmente deste evento, que termina este Domingo, abordámos a chefe de gabinete da Presidência da Câmara Municipal da Lagoa.
“Para este Domingo está reservada a parte tradicional do Festival, com a Missa em honra de S. Pedro Gonçalves Telmo, pelas 12 horas, seguida de procissão e cortejo marítimo e churrasco de peixe a toda a comunidade presente”.
Marcada está a abertura da Feira de Produtos Locais, organizada pela Câmara de Comércio e Indústria de Ponta Delgada a partir das 15 horas, assim como a animação infantil com Touro Mecânico, pulas-pulas e atelier pedagógico sobre actividade piscatória, pinturas faciais e modelagem de balões.  
À noite haverá outros dois momentos musicais com o grupo Som do Vento e a Banda Brasileira “Canta Brasil”.
Sobre a questão inovadora de levar até ao festival o Pastel de Raia, Verónica Almeida disse, que “foi um desafio lançado à Escola de Hotelaria e Formação Turística de Ponta Delgada, confeccionado pelo chef de cozinha Rui Medeiros. O objectivo deste Pastel de Raia foi fazer com que a receita fosse distribuída por todos os restaurantes, onde também foi criada uma iniciativa diferenciadora, no sentido de incentivar a restauração através do Festival Sabores do Mar, que se iniciou no dia 18 de Junho e finaliza este Domingo, juntamente com este Festival Lagoa Bom Porto”.
“Pretendeu-se assim valorizar algumas qualidades de espécies de peixe de valor comercial mais baixo. Aderiram à iniciativa 11 restaurantes, que apresentam pratos de veja, raia, bicuda, chicharro, cavala entre outros sabores da Costa Sul lagoense”, acrescentou.
Verónica Almeida destaca ainda as zonas balneares de excelência da cidade da Lagoa, começando com os poços da Atalhada, que são muito procurados até ao complexo municipal de piscinas, muito frequentado, aprazível e que tem tido a procura, não apenas no Verão, mas até durante o ano inteiro para banhos durante o Inverno”. Para além do mais, “este Porto dos Carneiros tem a particularidade que outros não têm, concretamente a ligação próxima entre a actividade piscatória, os pescadores, o mar, as habitações e a população, tornando-se assim num lugar genuíno que despoleta a curiosidade de quem nos visita.”
Recorde-se, que o Festival Lagoa Bom Porto iniciou-se na Quinta-feira com a inauguração da exposição fotográfica “Além do Azul”, da autoria de Marcelo Borges, a abertura da Feira de Produtos Locais, promovida pela Câmara de Comércio e Indústria de Ponta Delgada (CCIPD) e a degustação do pastel de raia, um produto gastronómico, confeccionado de propósito para este festival.
Com o Festival Lagoa Bom Porto, e para além de momentos musicais, foi dado a conhecer um novo mural no Porto dos Carneiros, que foi um trabalho realizado pelos Halfstudio, que baseou-se num poema de Armando Cortês Rodrigues, que é também muito conhecido sobre o mar, que faz uma ligação entre a actividade piscatória, o mar e aquele emblemático Porto dos Carneiros.
Na Sexta-feira, actuaram alguns grupos, nomeadamente o rancho folclórico Grujola e os Filhos da Terra, que são grupos locais e promoveram assim alguns dos trabalhos que têm feito ao longo do ano.
Ontem, o realce foi para o tradicional festival de caldeirada de peixes, que já vai na terceira edição, com a participação de seis associações, entre elas, a Associação de Pescadores da Lagoa Bom Porto Açores, da qual a nossa interlocutora também faz parte, duas associações da ilha Terceira, uma da Ribeira Quente, outra de Rabo de Peixe e ainda outra da ilha Graciosa, que já vem participando nesta iniciativa desde o seu início.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima