Nos quadros nacionais da arbitragem

Cinco açorianos confirmados

Sem árbitros nas categorias C1 e C2, são 4 os que figuram na categoria C3 Avançada, que lhes permitirá dirigir jogos dos campeonatos nacionais de futebol da 2.ª divisão júnior, de juvenis e de iniciados, de um ou outro jogo do Campeonato de Portugal e da Liga Revelação.
Da Associação de Futebol de Ponta Delgada figuram no lote de 60 árbitros João Paulo Branco, o único que transita da época passada, César Andrade e Adriano Pontes, que subiram esta época, tratando-se, de ambos, de regressos.
Diogo Andrade é o único árbitro da Associação de Futebol de Angra do Heroísmo.
Como não houve desistências, Vasco Almeida, micaelense que pelo terceiro ano estará filiado na Associação de Futebol da Horta, acabou por não ficar incluído. Vai estar a dirigir jogos do Campeonato de Futebol dos Açores, das provas regionais dos escalões de formação e das competições nas ilhas do Faial e do Pico. Vasco Almeida acaba de ver a sua equipa reforçada com o ingresso do jovem Gonçalo Amaro, outro dissidente do Conselho de Arbitragem da AF Ponta Delgada.
Ao nível de árbitros assistentes, o único que vai estar a nível nacional é André Almeida, que desde a época passada enveredou por estar na linha lateral em detrimento de ser árbitro principal. Filiado na AF Ponta Delgada, vai integrar o quadro de 20 assistentes da categoria ACC2, que garante a presença em jogos da Allianz Cup e da 2.ª Liga.
Recorde-se que o internacional Nelson Moniz baixou da primeira categoria nacional, onde esteve cerca de 10 anos como árbitro assistente das competições das 1.ª e 2.ª Ligas.

Reforço da Terceira

No quadro dos 133 observadores dos árbitros aos jogos nacionais, vão estar também 4 açorianos.
A principal novidade é a transferência de Dâmaso Teixeira da AF de Angra do Heroísmo para a AF Ponta Delgada.
Outra novidade é a promoção do micaelense Luís Cabral para observador nacional, função que desempenhava na AF Ponta Delgada nos jogos da ilha de São Miguel. Luís Cabral foi um dos árbitros assistentes que esteve em jogos das 1.ª e 2.ª Ligas.
Mário Botelho, filiado na AF Ponta Delgada, mantém-se como observador, assim como o terceirense Hugo Teixeira.

Print
Autor: CA

Categorias: Desporto

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima