EDA associa-se a evento da InnoEnergy em Sever do Vouga

A EDA - Electricidade dos Açores revelou ontem que esteve presente, na qualidade de convidada especial, num evento “Open Space Studio” em Sever do Vouga, promovido pela InnoEnergy.
A InnoEnergy é uma entidade apoiada pelo Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia da União Europeia, que visa ajudar empreendedores na área da energia a colocar no mercado os seus projetos. A sua visão é ainda mais ampla, promovendo, em conjunto com as melhores universidades europeias, ciclos de mestrado relacionados com o empreendedorismo, sustentabilidade energética e as necessidades industriais. Esta visão de futuro acelera o desenvolvimento de soluções prontas para o mercado e cria um ambiente fértil onde se podem comercializar os resultados inovadores do seu trabalho.
Este evento da Open Space Studio teve como mote “Como inspirar um futuro sustentável nos Açores através da realização de um projeto piloto para utilização da tecnologia Klugit” e contou com a participação de 15 alunos do mestrado em Tecnologias de Energia, lecionado no Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa e no Instituto de Tecnologia da Universidade de Karlsruhe. Estes alunos eram originários de várias geografias (nomeadamente Portugal, Espanha, Estónia, Itália, Polónia, Canada, Turquia, Nigéria, Paquistão, Bangladesh, Guatemala e Venezuela), diversidade que permitiu uma visão abrangente do pretendido, com perspetivas únicas tendo por base a educação de cada participante.
A Klugit é uma Start Up Portuguesa que ficou em terceiro lugar num concurso mundial promovido pela InnoEnergy e que dessa forma integrou o grupo de projetos apoiados por esta entidade. O seu projeto consiste numa tomada inteligente que, associada aos termoacumuladores elétricos, permite potenciar o consumo de eletricidade preferencialmente nas horas de vazio, período em que o preço do kWh é substancialmente inferior.
Entre outras funções, esta tecnologia discutida no evento, possibilita ao utilizador informação sobre o número de minutos de água quente que ainda se encontram disponíveis (o que evita situações de falta de água quente), medição de consumos energéticos e respetivos custos associados, e ligação à rede WIFI da habitação para interação à distância. Esta solução irá maximizar a poupança das famílias, garantindo a continuidade de água quente aos seus utilizadores.
Ao participar e apoiar este tipo de iniciativas, a EDA - Electricidade dos Açores, S.A., propõe-se dar mais um passo para uma crescente autonomia energética da Região, maximizando a utilização de energias renováveis com claros benefícios para os seus clientes, revela a mesma fonte.

 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima