PSD questiona Governo sobre a promessa de um regime de horário alargado nas creches e ATLs

 O deputado do PSD/Açores, Jorge Jorge, questionou ontem o Governo Regional sobre o prometido serviço de creches e ATLs “com um regime de horário alargado, das 7 da manhã à 1 da manhã, que Vasco Cordeiro prometeu no encerramento do último congresso do PS/Açores, há um ano”.
 Segundo social democrata, o anúncio feito pelo Presidente do Governo “visava dar ajuda e suporte aos pais que trabalham e não têm com quem deixar os filhos. E deu mesmo como exemplo os pais trabalhadores no sector do Turismo, com horários incompatíveis face à necessária atenção de que os filhos precisam”, lembrou o parlamentar.
 “Dizia então Vasco Cordeiro que iria avançar de imediato um projecto piloto em São Miguel, na Terceira e no Faial. Pois, está passado um ano e nada aconteceu, multiplicando-se as situações em que os filhos ficam sozinhos para os pais irem trabalhar”, critica Jorge Jorge.  O deputado avança que, “mais uma vez se prova que o longo e desgastado Governo socialista apenas tem para oferecer aos açorianos promessas consecutivamente incumpridas e, neste caso específico, não executando o que assegurou no que diz respeito a estas creches, e privando as famílias açorianas de uma solução, provavelmente até ao calendário eleitoral do próximo ano”, acrescentou.
  Para o PSD/Açores, “as políticas de família devem estar no centro da actividade governativa, ainda mais numa sociedade extremamente envelhecida como a nossa”, disse Jorge Jorge.
 “As políticas de apoio às famílias açorianas não podem esperar por conveniências eleitorais”, conclui o deputado.

Governo anuncia que regime 
de horário alargado nas creches 
e ATL’s arranca em Setembro

A Secretaria Regional da Solidariedade Social, tendo em conta o comunicado do PSD/Açores que acusa o Governo dos Açores de não ter cumprido com o seu compromisso de implementar um serviço de Creches e Centro de Actividades de Tempos Livres (CATL) com um regime de horário alargado, esclarece o seguinte:
 “1. O projecto iniciou-se em Outubro de 2018, com uma reunião entre o Instituto de Segurança Social dos Açores (ISSA) e o Centro Social e Paroquial das Furnas, por forma a avaliar as condições para a implementação de um projecto piloto naquela freguesia de alargamento de horário do CATL, contactos que se têm mantido regularmente;
 2. Posteriormente, foi realizada uma reunião com os pais das crianças que frequentam o CATL, com o intuito de aferir as suas necessidades em relação ao acompanhamento dos seus filhos e, concomitantemente, foi efectuada uma auscultação às unidades hoteleiras, alojamentos locais e restauração, por forma a aferir as necessidades manifestadas pelos seus colaboradores com filhos a cargo;
 3. Da auscultação efectuada, surgiu a necessidade de aumentar 20 vagas naquela resposta social, tendo sido proposto à instituição que aferisse a possibilidade de cedência de uma sala contigua às salas ocupadas pelo CATL, a qual se encontrava ocupada por outra instituição local;
 4. O Centro Social e Paroquial das Furnas efectuou as diligências necessárias junto da mesma, sendo que esta condicionou a cedência à realização de pequenas obras, o que acabou por atrasar a implementação do projecto;
 5. Para a realização das referidas obras, contou-se com o apoio da Câmara Municipal da Povoação;
 6. Face aos constrangimentos registados, o projecto está agora em condições de avançar, tendo já o seu início a 1 de Setembro, com o alargamento da capacidade para um total de 60 vagas e do horário de funcionamento, em função das necessidades verificadas aquando da auscultação efectuada à população com filhos daquela localidade, sendo que este horário poderá a todo o tempo ser ajustado a outras necessidades que venham a ser manifestadas pelos pais.
 7. Ao contrário daquilo que afirma o PSD/Açores, o Governo Regional está comprometido com a implementação de uma solução inovadora, tendo, para o efeito, desenvolvido um conjunto de esforços, acompanhados pelos pais e pelas instituições locais, Centro Social e Paroquial, Junta de Freguesia e Câmara Municipal, no sentido de melhor corresponder às necessidades decorrentes do levantamento efectuado”.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima