Director Regional da Habitação destaca importância do regime de arrendamento com opção de compra para famílias jovens

O Director Regional da Habitação destacou ontem, em Santa Cruz das Flores, a importância do apoio do Governo dos Açores para arrendamento com opção de compra, especialmente para os casais jovens, “a quem a banca ainda não permite o acesso a financiamento com condições favoráveis”.
Orlando Goulart falava na assinatura do contrato com opção de compra e entrega de uma habitação de tipologia T3, no loteamento da Terça, na sequência do concurso público lançado este ano para atribuição de seis moradias em quatro ilhas dos Açores, cuja construção representou um investimento do Governo Regional de cerca de 700 mil euros.
O Director Regional, citada em nota do GaCS,  salientou que este concurso materializa o compromisso do Executivo em promover o acesso a habitação permanente, através do regime de arrendamento com opção de compra.
 “Esta família beneficiará de uma renda acessível, assim como da possibilidade de optar pela compra da habitação, logo que tenha condições financeiras para o fazer, abatendo-se, no preço da habitação, todos os valores de renda pagos até à data do exercício da opção de compra”, referiu Orlando Goulart.
 “O Governo Regional responde, assim, à necessidade de proporcionar o acesso a habitação permanente a uma parte da população que tem vindo a experienciar dificuldades nesta matéria em algumas zonas do arquipélago”, acrescentou.
Para além desta habitação na ilha das Flores, foram já entregues duas moradias de tipologia T3 no loteamento das Dores, em Santa Cruz da Graciosa, uma, também de tipologia T3, no loteamento da Urzelina, em São Jorge, e duas moradias de tipologia T4 no loteamento Lombas II, em Vila do Porto, Santa Maria, todas em regime de arrendamento com opção de compra.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima