Fonte do Bastardo - Clube Kairós: Dérbi açoriano Sábado, na Praia da Vitória (16h00)

Passadas as emoções fortes da Supertaça, troféu que ficou, mais uma vez, na posse do SL Benfica, a Associação de Jovens da Fonte do Bastardo concentra atenções no arranque da fase inicial do Campeonato Nacional da Primeira Divisão de Voleibol Masculino.
Com um plantel altamente renovado (apenas permanecem quatro atletas da campanha transata) e com o mesmo treinador (João Coelho), o grémio do Concelho do poeta Vitorino Nemésio assume como desiderato um lugar entre os quatro da vanguarda, o que, caso se concretize, lhe permite entrada direta nas meias-finais da Divisão Elite. E aí, convenhamos, tudo pode acontecer.
Sabe-se que a concorrência se apresenta reforçada, o que é sinónimo de dificuldades acrescidas. Ainda assim, SL Benfica, campeão em título, e Sporting CP surgem, naturalmente, como os principais candidatos ao almejado cetro, em face da qualidade dos respectivos plantéis, que, convenhamos, é reflexo de uma capacidade de investimento superior aos parceiros.
Acredita-se, no entanto, que emblemas como o Sporting de Espinho e a Fonte do Bastardo podem ter uma palavra a dizer. A ver vamos.

Promessas no ar

Se é consensual que na Supertaça a preponderância encarnada foi por demais visível, as indicações que a Fonte do Bastardo deixou no Torneio das Vindimas abrem perspectivas animadoras. Claro que falta entrosamento, mas parece óbvio que existe qualidade para formar uma equipa competitiva, capaz de lutar pelos objetcivos traçados.
É evidente que somente o desenrolar da competição pode validar, ou não, as primeiras impressões, mas é convicção generalizada que a Fonte do Bastardo possui um grupo de trabalho equilibrado, motivado e ambicioso.
O teste inaugural, em termos de campeonato, é já sábado, a partir das quatro da tarde, no Pavilhão do Complexo Desportivo Vitorino Nemésio, cidade da Praia da Vitória, com a recepção ao Clube Kairós.
Em teoria, um embate propício para ajudar no processo de crescimento da equipa anfitriã, pois não se acredita que o Clube Kairós reúna atributos para discutir em igualdade de circunstâncias com os antagonistas mais poderosos. Todavia, como diz o nosso povo na sua imensa sabedoria, "cautelas e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém".

Jogos em cartaz

A jornada inaugural do principal campeonato do voleibol luso concretiza-se, na totalidade, sábado, mediante o vasto ramalhete que aqui deixamos:
Famalicense AC - Esmoriz GC; Sporting CP - Sporting das Caldas; SL Benfica - Sporting de Espinho; Fonte do Bastardo - Clube Kairós (16h00, Pavilhão do Complexo Desportivo Vitorino Nemésio, na Praia da Vitória); Nacional de Ginástica - Vitória de Guimarães; Castêlo da Maia GC - Leixões SC; Académica de São Mamede - Volei de Viana.
Para além do dérbi das ilhas de bruma, atenções colocadas no superclássico entre "águias" e "tigres", a ecfetuar no Complexo Desportivo do Estádio da Luz, em Lisboa. O Sporting CP é favorito no esgrimir doméstico com o Caldas.   
A segunda volta inicia-se à 14.ª jornada, no dia 21 de Dezembro, e nessa altura, já se sabe, invertem-se a ordem dos jogos, com o Clube K a receber a congénere da Fonte do Bastardo.
A primeira fase do campeonato termina no dia 15 de Fevereiro, com a disputa da 26.ª jornada.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Desporto

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima