João Bosco Mota Amaral apresenta livro sobre os Açores Portugal e a União Europeia

Quando um ex-Presidente do Governo Regional dos Açores se encontra com um ex-Presidente do Governo Regional da Madeira, o que pode acontecer? É o que se irá saber no dia 8 de Novembro, às 17h00 , no auditório do Centro de Estudos de História do Atlântico, no Funchal, na sessão de apresentação do livro “Os Açores, Portugal e a União Europeia”, de João Bosco Mota Amaral.
O livro do primeiro Presidente do Governo Regional dos Açores é apresentado por Alberto João Jardim, segundo Presidente do Governo Regional da Madeira.
Em “Os Açores, Portugal e a União Europeia”, João Bosco Mota Amaral reúne textos dispersos por diversos órgãos de imprensa regional e nacional, “assumindo por vezes uma postura firme contra o estado a que chegou a União Europeia”. 
“Em coerência com os seus ideais de europeísta convicto, mas crítico de muitas das soluções alcançadas e mais ou menos impostas aos países membros da União, já expostos em publicações anteriores e presentes na sua actuação cívica, como responsável político e como governante”, João Bosco Mota Amaral em “Os Açores, Portugal e a União Europeia” desafia os leitores para uma reflexão sobre os caminhos percorridos pelas sociedades europeias dos nossos dias, “apontando erros manifestos, sugerindo vias alternativas e desafiando para, sempre que se mostre necessário, mudar de rumo”. 
Neste livro, Mota Amaral discorre ainda sobre questões da actualidade, no processo de integração em curso no espaço europeu, e o modo como as mesmas afectam os interesses açorianos e portugueses. 
Nascido em 1943, fez os estudos primários e secundários em Ponta Delgada. Licenciou-se em Direito na Universidade de Lisboa, em cuja Faculdade obteve também o grau de Mestre. Foi eleito Deputado à Assembleia Nacional em 1969, militando na Ala Liberal liderada por Francisco Sá Carneiro. Após a Revolução do 25 de Abril de 1974, promoveu a arrancada nos Açores do Partido Social Democrata, contribuindo para a redefinição da Autonomia, quase centenária, dando-lhe uma sólida base democrática e popular e uma nova ambição de propósitos de natureza político governativa, com projecção no domínio das relações internacionais. Foi Deputado à Assembleia Constituinte (1975/1976) e primeiro Presidente do Governo da Região Autónoma dos Açores (1976/1995). Regressando à Assembleia da República, para a qual foi sempre eleito em todos actos eleitorais realizados desde 1976 até 2015, veio a ser Vice-Presidente (1995/2002) e depois Presidente, durante a IXª. Legislatura (2002/2005). Foi Vice-Presidente do Comité das Regiões da União Europeia (1994/1995), Presidente da Comissão das Ilhas da Conferencia das Regiões Periféricas Marítimas da Europa (1993/1995) e um dos fundadores da Conferencia dos Presidentes da Regiões Ultraperiféricas da União Europeia. Foi também membro da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa (1996/20015) e Vice-Presidente da mesma (2012/2014). E ainda membro da Assembleia Parlamentar da União da Europa Ocidental, desde 1996 até à sua extinção em 2012. Tendo recebido o grau de Doutor Honoris Causa pela Universidade dos Açores, em 1995, passou a exercer funções como professor convidado na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, desde o ano lectivo de 2015/2016, leccionando sobre matérias abrangidas pela sua longa experiência política e governativa.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima