Vencedores do Prémio Artes Entre Mares 2019 já são conhecidos

Pela Direcção Regional dos Assuntos do Mar foram anunciados os vencedores do 3.º Prémio Artes Entre-Mares “Mar de Contrastes”, um concurso que pretende desafiar a sociedade civil a participar com trabalhos artísticos nas modalidades de pintura, fotografia, vídeo e banda desenhada que se debrucem sobre temas como a conservação dos oceanos e a problemática do lixo marinho.
Na categoria de Banda Desenhada, o primeiro lugar foi para a obra “SOS”, de Pedro Vaz Lopes, e o segundo lugar foi atribuído à obra “Protest”, de Kada Voda (pseudónimo), enquanto na categoria de Vídeo o vencedor foi o trabalho “Naufrágios Oásis de Vida”, de Gui Costa, e o segundo lugar foi atribuído à obra “Um mar de contrastes”, de Hilda Rebelo (pseudónimo).
O díptico “Nossas Mãos”, executado por Ana Correia, arrecadou o primeiro prémio na categoria de Pintura e o segundo prémio foi atribuído à obra intitulada “Ceci n’est pas une poubelle”, de José Chambel, sendo que o júri da modalidade de Fotografia deliberou atribuir o primeiro lugar à obra “Porto de abrigo” e o segundo lugar à obra “Entre mundos”, ambas de Nelson Raposo.
O prémio atribuído ao 1.º lugar de cada modalidade corresponde ao valor pecuniário de 1.200 euros, podendo, no caso do vencedor ser menor de 18 anos à data de atribuição dos prémios, ser substituído por formação em escola de artes nacional.
O 2.º lugar corresponde a um prémio no valor pecuniário de 500 euros, podendo, igualmente, no caso de o autor ser menor de 18 anos à data de atribuição dos prémios, ser substituído por formação em escola de artes nacional.
O concurso recebeu 47 trabalhos, nomeadamente 23 de fotografia, 16 de pintura, quatro na categoria de vídeo e quatro na categoria de banda desenhada.
Este concurso, organizado pela Direcção Regional dos Assuntos do Mar, em parceria com a Direcção Regional da Cultura e a AZORINA, pretendeu incentivar e estimular a criatividade e a originalidade dos concorrentes, sensibilizando-os para a importância da protecção e conservação dos oceanos, em especial do Mar dos Açores.
O júri da categoria de Pintura foi constituído por Luís Meneses, Maria do Céu Brito e Filipe Porteiro, enquanto na categoria de Vídeo foram jurados Gonçalo Tocha, José Serra e Miguel Freitas.
Na categoria de Fotografia, o júri integrava Rui Vieira, Luís Quinta e Jorge Fontes, sendo que na categoria de Banda Desenhada foram jurados Paulo Neves, Sérgio Nogueira e Diogo Carvalho.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima