Festival promove encontro de emigrantes em Scarborough

Scarborough, cidade nos arredores de Toronto, onde vivem muitos emigrantes açorianos, foi palco de mais um Festival Açoriano, evento que decorreu no passado fim de semana, com  cantigas ao desafio, desgarradas, fados e cantares às velhas, bem à modinha da ilha Terceira.
A edição deste ano teve lugar no Salão da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima de Scarborough, localizada na província de Ontário, que foi agregada à mega cidade de Toronto, em 1998. A maior das seis zonas, Scarborough está localizado no extremo leste de Toronto, a leste da zona comunitária de Toronto, East York, York (Ontário) e North York.
Para além dos fadistas Clara Santos, Tony Gouveia e Elizabete Gouveia, participaram vários cantadores populares, idos dos Açores e da Califórnia para abrilhantarem a festa, sendo de referir os terceirenses Fábio Ourique e Roberto Toledo e os micaelenses Paulo Miranda e Bruno Botelho. Ainda fez parte do elenco artístico o cantador da Califórnia Manuel dos Santos.
De referir que estes artistas foram acompanhados à guitarra e viola por Délio Borba, Hernani Raposo, Pedro Joel, João Carlos Silva, Januário Araújo, José Fernando e o som esteve a cargo de Tony Silveira.
Estes festivais constituem um privilegiado momento de encontro dos nossos emigrantes onde se congregam para assistir aos espectáculos de improviso, em que os despiques são o mote para cada um ir desafiando e respondendo um ao outro. Na edição deste ano a fama dos artistas populares atraiu inúmeros apreciadores que se deliciaram com as desgarradas e as cantigas aos desafio entre os improvisadores, batendo palmas, no decorrer da cantoria, sinal do interesse deste género de espectáculo.
De S. Miguel, participaram 2 jovens cantadores ao desafio, que apesar da idade, já são nomes muito conhecidos e apreciados no mundo da cantoria. São eles o Paulo Miranda e o Bruno Botelho. Estes jovens cantadores já rivalizam com os mais velhos e trouxeram cor e frescura aos espectáculos e que cada vez mais arrebanham muita gente.
O Festival de Scarborough foi um êxito, pois novos e velhos assistiram às cantorias, o que mostra que esta tradição continua bem viva no seio da cultura popular e rejuvenesce-se cada vez mais, para consolidação desta vertente da identidade do povo açoriano. 
 

Print

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima