Final da Taça de Honra Luís Bernardo joga-se este Sábado

Esta temporada, o Santa Clara “B” surge renovado com mais jovens, de modo a garantir o futuro do futsal do clube, na Segunda Divisão Nacional e vai de certeza querer demonstrar a razão de ter sido o vencedor da Série B, na nova fase. A orientar a equipa está Pedro Ramos, ex-atleta e conhecedor do futsal micaelense, que deverá colocar em jogo os jogadores mais aptos e que lhe poderão dar garantias de estabilidade no seio do grupo que formou há dois anos. No seio da juventude da equipa, há também um jogador experiente e da sua confiança, o Daniel Gaspar, que dentro das quatro linhas é um verdadeiro líder.
No lado oposto, teremos um clube que há alguns anos passou por alguma instabilidade directiva, mas teve na pessoa do António Matos e do treinador Carlos Santos, duas pessoas com vontade de levar o clube escolar para a estabilidade directiva, formando uma direcção para levar o clube, rumo a um futuro melhor e com vontade de vencer. 
O Clube Escolar Vila Franca do Campo é treinado por Carlos Santos, também conhecedor do futsal em São Miguel, que desde a primeira hora tem estado ligado a esta modalidade. A equipa tem como base, o facto de ser formada por jovens residentes em Vila Franca do Campo. Na baliza surge o Diogo Cabral, jovem que tem a sua formação no clube e já tem alguns anos de prática de futsal, transmitindo assim confiança aos colegas de equipa. Leonel Diogo é também um elemento experiente em campo nos vilafranquenses.
Em perspectiva um bom jogo de propaganda da modalidade, onde é esperado um número significativo de adeptos de ambas equipas.

José Araújo
 

Print
Autor: CA

Categorias: Desporto

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima