Domingos Cabral, Presidente da Junta de Freguesia do Faial da Terra

“Temos tido algumas engrenagens que não funcionam e afastam investimento na freguesia”

Domingos Manuel Couto Cabral, de 35 anos de idade é o Presidente da Junta de Freguesia do Faial da Terra, do Concelho da Povoação.
Domingos Cabral está no seu primeiro mandato e debate-se com algumas dificuldades, logo, não só por causa da dimensão da Freguesia, que é pequena também em termos populacionais, “que faz com que os recursos também sejam diminutos, o que nos impede também de fazer muitas coisas”, lamenta.
Depois, surgem “os impedimentos burocráticos de lidar com as instâncias superiores, porque o tempo deles nunca é o nosso tempo, pelo que as coisas nunca acontecem da forma como desejamos”, acrescenta, para ressalvar, que “mesmo assim, esta tem sido uma boa caminhada”.
Anteriormente, o nosso entrevistado tinha pertencido à Assembleia da Freguesia, onde esteve durante quase oito anos, mas também chegou a pertencer ao anterior executivo, liderado por Paulo Nazaré, como Secretário, isto porque a anterior secretária renunciara ao cargo por ter de emigrar.
Paulo Nazaré liderou a Junta de Freguesia do Faial da Terra durante dois mandatos.

“Somos quase uma zona de risco”

A freguesia “tem uma enorme carência ao nível de oferta de emprego e aliado a isto, o Faial da Terra está amarrado, no que à legislação diz respeito, em questões urbanísticas, que impedem que a freguesia seja atractiva, para que outras pessoas possam construir habitações ou levar em diante investimentos turísticos, à dimensão do Faial da Terra, porque também é uma Freguesia, que de tempos, em tempos é atingida por intempéries, quer sejam marítimas, quer sejam do leite da ribeira ou, infelizmente, através de derrocadas, o que nos levam a situações desagradáveis, porque somos classificados como sendo, quase uma zona de risco. Assim, é difícil fazer qualquer coisa na Freguesia e isso afasta, muitas vezes, alguém que tenha algum interesse em investir no Faial da Terra, mesmo ao nível do turismo, porque temos vindo a receber, cada vez mais visitantes, porque temos potencial turístico, destacando-se a orla marítima, inserida numa freguesia agradável e uma rede enorme de trilhos, entre eles, o Trilho do Sanguinho, classificado como um dos melhores e mais importantes dos Açores. Ou seja, temos tido bastantes visitantes, só que também temos tido algumas engrenagens que não funcionam e muitas vezes afastam investimento na Freguesia”.

Nova sede da Junta inaugurada este ano

Na Freguesia do Faial da Terra estão registadas seis unidades turísticas, surgindo ainda um Snack-Bar que serve refeições, um café-bar, um minimercado e uma pastelaria, a Cozinha d’Avó.
Ao nível da sede da Junta de Freguesia, na Rua da Escola, funciona um posto dos CTT e um ATL. A nova sede foi inaugurada este ano, no mês de Julho, “e foi uma mais-valia, porque a freguesia viu assim melhoradas as condições de trabalhos dos seus funcionários e de atendimento à sua população”.
Uma outra pretensão da freguesia do Faial da Terra é criar um centro de dia para idosos, mas isso é ainda prematuro falar sobre isso, porque é um processo que está em andamento.
Em termos de colaboradores, a Junta de Freguesia chegou a ter duas, mas porque uma emigrou, “sendo este um mal maior do Faial da Terra”, no momento só tem uma funcionária, a tempo inteiro. Surgem depois outros colaboradores afectos à Câmara Municipal da Povoação ou ligados a programas ocupacionais, que ali prestam serviço e são à volta de 15, esses elementos”, isto porque o Faial da Terra tem três trilhos pedestres homologados e uma rede de sete trilhos destinados à prática de BTT ou Enduro, e uma equipa encarrega-se da manutenção desses trilhos, surgindo ainda outras equipas que se encarregam da conservação das estradas e da própria Freguesia também.

Riquíssima fauna marítima

Faial da Terra tem ainda uma riquíssima fauna marítima que convém preservar para não acontecer o que já aconteceu noutras freguesias. Contudo, não raras vezes constata-se a apanha de lapas de dimensões pequenas, requerendo-se assim uma maior fiscalização por parte das entidades.
Ao nível de turistas para banhos de mar, o Faial da Terra tem tido cada vez mais visitantes e procura, que vão mais para a zona balnear do Portinho, uma zona sossegada e privilegiada para se nadar em mar aberto.

Mais infraestruturas a construir

Entretanto, e porque a piscina que existe na freguesia é de dimensões reduzidas e tem mais de três dezenas de anos, equaciona-se a possibilidade da construção de uma outra, para que possa vir a ser utilizada também por adultos. 
Para 2020, aguarda-se ainda a recuperação do Jardim da Freguesia do Faial da Terra, onde também estará o parque infantil, assim como a construção de um parque de merendas, junto à beira-mar. Ainda relativamente ao parque infantil, Domingos Cabral revelou que “os brinquedos, encomendados, chegam agora em meados do próximo ano”.
A requalificação da piscina implicará ainda a construção de balneários de apoio também ao parque das merendas.
Uma preocupação do actual executivo do Faial da Terra é o envelhecimento da população, numa Freguesia com 19 crianças, que são aquelas que frequentam a EB1/JI do Faial da Terra.

Cooperativa Celeiro da Terra

Fora da esfera do Executivo, Domingos Cabral trabalha na Cooperativa Celeiro da Terra, onde é o responsável pelo departamento de produção. Antes disso, trabalhou numa empresa de construção civil, a Marques SA, de 2004 a 2017, onde era o técnico preparador obras.
Casado e com quatro filhas, Domingos Cabral consegue mesmo assim conciliar a vida familiar com a sua vida profissional, validando que a sua cara-metade até tem sido bastante compreensível, nesse particular: “Às vezes resignada, mas compreende” (Risos). “Doutra forma não conseguiria estar empenhado também na função de Presidente da Junta, porque vir para aqui, trazendo outros problemas, dificultaria a minha missão e não estaria 100% concentrado, mas também conto com o apoio dos meus colegas do executivo e apoiamo-nos muito, na distribuição das tarefas para depois também ser mais fácil, coordenar a Junta de Freguesia”.
Na freguesia, este ano realizou-se o segundo concurso de fotografia “Faial da Terra – Um Postal de Recordações”, onde foram seleccionadas as 15 melhores fotografias para uma exposição fotográfica na sede da Junta de Freguesia, estando as cinco primeiras classificadas também destinadas à criação de postais turísticos.
 
 

Print

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima