8 de janeiro de 2020

Navio-escola Sagres passa pelos Açores na sua viagem de circum-navegação

O navio-escola Sagres iniciou, este Domingo, uma viagem de circum-navegação, que vai passar por 19 países. A última paragem, antes do regresso a Lisboa, é em Ponta Delgada e está agendada para 30 de Dezembro.
Ao todo a viagem, inserida nas celebrações do quinto centenário da circum-navegação de Fernão de Magalhães, deverá demorar 371 dias. Estão previstas paragens em 22 portos de 19 países diferentes, contando-se 12 cidades da Rede Mundial de Cidades Magalhânicas.
A bordo do navio-escola, que partiu de Lisboa, este domingo, estão 142 elementos, com uma média de idades de 24 anos. Apenas quatro são mulheres e 50 são instruendos da Associação Portuguesa do Treino de Vela (Aporvela). Entre o grupo estão também dois investigadores do projecto SAIL.
Do roteiro do navio-escola fazem parte Tenerife (Canárias), em Espanha, Praia, em Cabo Verde, (19 de Janeiro), Rio de Janeiro, no Brasil (10 de Fevereiro), Cidade do Cabo, na África do Sul (27 de Março), Maputo, em Moçambique (09 de Abril), Jacarta, na Indonésia (29 de Maio), Tóquio, no Japão (18 de Julho), Honolulu (Havai), nos Estados Unidos da América (27 de Agosto) e Cartagena das Índias, Colômbia (05 de Dezembro).
Está previsto que o navio regresse a Portugal, no final do ano, parando em Ponta Delgada, no dia 30.
É nos Açores que a tripulação deverá entrar no próximo ano, regressando a Lisboa no dia 10 de Janeiro de 2021. Um dos momentos mais marcantes será a escala em Tóquio, para a fase inicial da participação nos Jogos Olímpicos, durante a qual será a “casa de Portugal”, numa iniciativa em parceria com o Comité Olímpico Português. A bordo vai também a bandeira portuguesa que será utilizada nos Jogos Olímpicos.
O navio terá ainda pela primeira vez projectos científicos a bordo, que vão permitir medir o estado dos oceanos e da atmosfera, do ponto de vista da biodiversidade, mas também da poluição dos plásticos e microplásticos.
Preparada durante mais de um ano, a viagem pretende assinalar o quinto centenário da circum-navegação de Fernão de Magalhães, destacada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, momentos antes da partida.
“Um momento personificado por Fernão Magalhães, um momento partilhado com um país vizinho, representado por Sebastião Elcano, mas um momento que é largamente um momento português. Celebrar esse momento é celebrar aquilo que nos orgulha na História de Portugal”, salientou.
Também o Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, realçou a importância da circum-navegação.
“Magalhães desfez a quadratura do círculo. Deu-nos um mundo redondo e abriu horizontes a novos mundos, povos, culturas, motivado pela riqueza das especiarias das índias e pela possibilidade do comércio em que o cravinho, não o nosso Ministro da Defesa, mas o arbusto de sementes aromáticas, providenciava o incentivo para uma economia mundial emergente”, frisou, no seu discurso, a bordo do navio-escola Sagres.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima