Ponta Delgada renova Áreas de Reabilitação Urbana para “evitar despovoamento do seu núcleo central”

A Câmara Municipal de Ponta Delgada anunciou que renovou a delimitação das Áreas de Reabilitação Urbana do Centro Histórico/São Gonçalo/Calheta, Santa Clara e São Roque. 
A delimitação visa potenciar a aplicação do financiamento comunitário (PO Açores 2020), tendo por base uma estratégia de regeneração urbana que, na continuidade do esforço e dos investimentos encetados nos últimos anos, responda de uma forma eficaz aos desafios que se colocam a este território, contribuindo para uma renovada imagem, dimensão e coesão urbana de Ponta Delgada.
Segundo nota da autarquia pontadelgadense, pretende, neste sentido, aprofundar uma visão integrada de organização e funcionamento inteligente da cidade, que contribua para a superação de alguns problemas relevantes como o despovoamento do seu núcleo central, o número significativo de habitações devolutas e em mau estado de conservação, a falta de coesão do tecido urbano, a desqualificação de algumas zonas como Santa Clara, Calheta e São Roque, os problemas sociais, e a ausência de estruturas em rede potenciadoras dos seus equipamentos, infraestruturas e património.
No comunicado, a câmara dá conta de que os elementos que integram a deliberação da delimitação das áreas de reabilitação urbana poderão ser consultados na sua página eletrónica (www.cm-pontadelgada.pt/) e nas instalações do Departamento de Obras, Mobilidade e Equipamentos Municipais da Câmara Municipal no horário de expediente.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima