Um milhão e setecentos mil passageiros desembarcados nos aeroportos dos Açores

Durante o ano de 2019 desembarcaram nos aeroportos dos Açores 1.703.821 passageiros, um aumento de 5,2% em comparação com 2018, ano em que desembarcaram nos mesmos aeroportos 1.618.926 passageiros.
No aeroporto de Ponta Delgada desembarcaram, durante o ano passado,  994.638 passageiros, o que representou um crescimento de 1,8% em relação a 2018, ano em que tinham desembarcado 939.842 passageiros.
 Na ilha Terceira desembarcaram, durante 2019, 359.893 passageiros, o que representou um crescimento de 5,2% em relação a 2018, ano em que desembarcaram nas Lajes 347.124 passageiros.
  Durante o mês de Dezembro de 2019, conforme avança o Serviço Regional de Estatística dos Açores, desembarcaram nos aeroportos do arquipélago um total de 98 mil 389 passageiros.
De acordo com os dados avançados por este serviço, este número de passageiros desembarcados representa um aumento de 1,9% quando em comparação com o mesmo mês de 2018.
 No que diz respeito aos passageiros com origem noutras regiões do território nacional que não os Açores e desembarcados no arquipélago, o número calculado ronda os 55 mil 650 passageiros, número este que apresenta uma variação homóloga positiva de 7,9%.
Do estrangeiro, desembarcaram um total de 7 mil 398 passageiros nos aeroportos açorianos durante o último mês de Dezembro, o que representa um acréscimo homólogo de 8%. 
No que diz respeito ao segundo semestre do ano passado, verificou-se ainda um crescimento homólogo de 3,5%, em comparação com o mesmo semestre de 2018; enquanto no quarto trimestre ocorreu uma variação homóloga “igualmente positiva”, situada nos 4,2%.
A ilha com maior número de passageiros desembarcados no passado mês de Dezembro, foi São Miguel, com um total de 58 mil 391 passageiros, seguindo-se a ilha Terceira, com 23 mil 252 passageiros e, em terceiro lugar está a ilha do Faial com 6 mil 063 passageiros. 
Porém, a ilha que apresentou um maior crescimento homólogo mensal foi a ilha do Corvo, com 18,2%; seguindo-se a ilha do Faial com 6,6%; a ilha Terceira, com 5,2%; e São Miguel, com um crescimento homólogo a rondar os 1,8%.
Quanto às taxas de variação, a que mais se distinguiu como positiva durante o ano de 2019 foi a ilha das Flores, com 6,9%; seguindo-se São Jorge, com uma variação positiva na ordem dos 6,4%; o Pico e Faial, ambas com 6%; São Miguel, com 5,8% e Graciosa, com 5,4%.
Em relação ao segundo semestre de 2019, a ilha onde se verificou a maior variação homóloga positiva foi a do Pico, com 6,9%, seguindo-se a ilha das Flores, com 6,6%, a ilha de São Miguel, com 4,5%, e São Jorge com 4,3%.
Já no que ao quarto trimestre diz respeito, adianta o Serviço Regional de Estatística, a ilha do Faial foi a que apresentou uma maior variação positiva, situando-se nos 8,4%, seguindo-se pela ilha do Pico, com 5,9%.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima