Mais acidentes e menos mortes e feridos em 2019

3.490 acidentes nas estradas dos Açores provocaram 7 mortes, 120 feridos graves e 635 feridos ligeiros

 Mais acidentes de viação, com menos mortes, menos feridos graves e menos feridos ligeiros nas estradas dos Açores em 2019, - ano em que a população flutuante foi a maior de sempre -, pode evidenciar não só uma maior eficácia da Polícia de Segurança Pública e da prevenção rodoviária açoriana como também é demonstrativo de uma maior sensatez e bom senso dos condutores da Região.
Os 3.490 acidentes de viação registados em 2019 nas estradas dos Açores representaram mais 139 acidentes do que no ano anterior. Do total regional, 2.376 acidentes ocorreram nas estradas de São Miguel, o que representa mais 208 acidentes em relação a 2018. Não é alheio a esta estatística o facto de o ano passado estarem muito mais viaturas a circular na Região e, sobretudo, na ilha de São Miguel. E não deixa de ser significativo que os meses em que ocorreram mais acidentes o ano passado na Região serem aqueles em que a população flutuante foi maior (321 acidentes em Junho; 342 acidentes em Julho e 315 acidentes em Agosto).
Ora, apesar do maior número de acidentes ocorridos em 2019, o número de mortes nas estradas dos Açores passou para quase menos de um terço em relação a 2018. De facto, em 2019 morreram 7 pessoas nas estradas da Região, 5 das quais em São Miguel quando, em 2018, menos acidentes provocaram 19 mortes e 12 dos quais na ilha de São Miguel. Feitas as contas, verificaram-se em 2019 menos 12 mortes nas estradas dos Açores e menos sete mortes em São Miguel, em relação a 2018.
Enquanto em 2019 o maior número de mortes nas estradas dos Açores ocorreu no mês de Outubro (3), no ano anterior o mês com mais mortes nas estradas foi Março (3). Nos dois anos, o número de mortes nas estradas açorianos foi pouco significativo nos meses da época alta de maior afluência de turistas ao arquipélago.
Os 3.490 acidentes verificados o ano passado nos Açores provocaram 120 feridos graves, menos quatro do que em 2018. 
Cinquenta e oito dos feridos graves foram registados nos 2.376 acidentes ocorridos em São Miguel o ano passado quando, em 2018, os 2.168 acidentes tinham provocado 60 feridos graves.
O mês de Agosto, em que ocorreram 315 acidentes de viação no arquipélago foi aquele em que se registou mais feridos graves nas estradas (18).
Foram registados, em 2019, nas estradas dos Açores 635 feridos ligeiros. E, para não fugir à regra, apesar de se terem verificado mais 139 acidentes em 2019 em relação ao ano anterior, foram registados o ano passado menos 21 feridos ligeiros na Região em relação a 2018. 
No caso da ilha de São Miguel, apesar do aumento de 208 acidentes verificados em 2019 em relação ao ano anterior, registaram-se menos 43 feridos ligeiros o ano passado em comparação com 2018.
O mês de 2019 em que se registaram mais feridos ligeiros em acidentes de viação nas estradas dos Açores foi Agosto (73) quando, em 2018, o mês com mais feridos ligeiros foi Julho (99).
Na época alta do turismo nos Açores, referente aos meses de Junho a Setembro, verificaram-se, assim, mais acidentes de viação, com menos mortes, com menos feridos graves, mas com mais feridos ligeiros. Ou seja, poderá concluir-se que os acidentes verificados neste período foram de menor gravidade, com muita chapa partida, a dar mais trabalho às seguradoras.  
No Pico atingiu-se o pleno com menos acidentes, menos mortes, menos feridos graves e menos feridos ligeiros nas estradas. Na ilha montanha verificaram-se o ano passado 134 acidentes, menos 37 do que em 2018. Estes acidentes não provocaram mortes quando em 2018 se registaram três mortes nas estradas picoenses; causaram 13 feridos graves, menos dois que em 2018; e 43 feridos ligeiros, menos sete do que no ano anterior.
No Faial, em 2019, registaram-se 179 acidentes (menos dois que em 2018) que não provocaram mortes quando em 2018 há o registo de uma morte; originaram 9 feridos graves, menos 4 que em 2018; e provocaram 34 feridos ligeiros, mais dois que em 2018. 
Na Terceira verificaram-se 642 acidentes de viação em 2019, menos 52 do que no ano anterior mas com mais mortes (2), mais um ferido grave e mais 14 feridos ligeiros que em 2018, ano em que não se registaram mortes e se contabilizaram 23 feridos graves e 126 feridos ligeiros.
Na ilha de Santa Maria ocorreram 42 acidentes de viação em 2019, mais 18 do que no ano anterior. Estes acidentes não provocaram mortes nas estradas da ilha de Gonçalo Velho; causaram um ferido grave, o mesmo número que no ano anterior, e 13 feridos ligeiros, mais um do que em 2018.

J.P.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima