Câmara de Ponta Delgada aprova Voto de Pesar pelo falecimento do empresário Luís Bensaude

A Câmara Municipal de Ponta Delgada aprovou, por unanimidade, sob proposta do seu Presidente, José Manuel Bolieiro, um Voto de Pesar pelo falecimento do empresário Luís Bensaude, antigo Presidente do Conselho de Administração do Grupo Bensaude.
O antigo Presidente do Conselho de Administração do Grupo Bensaude faleceu anteontem, 18 de Fevereiro, aos 62 anos de idade. 
Ontem, a Câmara Municipal de Ponta Delgada, reunida em sessão ordinária, manifestou formalmente o seu “profundo pesar pelo doloroso desaparecimento desta personalidade incontornável da história económica recente de Ponta Delgada, de São Miguel e dos Açores”, endereçando as devidas condolências à sua família e ao Grupo Bensaude. 
Recorde-se que Luís Filipe Pinto Basto Bensaude nasceu em Lisboa, a 29 de dezembro de 1957. Era filho de Filipe Bensaude e neto de Vasco Bensaude. 
Frequentou o Externato da Luz e o Liceu Pedro Nunes, completando um bacharelato em Contabilidade e Administração de Empresas na Universidade dos Açores e uma licenciatura em Organização e Gestão de Empresas pela Universidade Católica Portuguesa. 
Em Ponta Delgada, onde residida desde 1976 após concluir a sua formação académica, desempenhou diversas funções nas várias empresas do Grupo Bensaude. 
Em 1989, passou a administrar essas empresas nas áreas do turismo, transportes marítimos e terrestres, armazenagem e comércio de combustíveis, ambiente e energia. 
Com a morte do seu pai, em 2000, assumiu a presidência do conselho de administração do Grupo.
Enquanto liderou as empresas do maior grupo económico dos Açores fez com que este conseguisse alcançar um crescimento significativo em várias das suas áreas de actuação, como no turismo, designadamente, com a construção de três hotéis em São Miguel, um na Terceira e outro em Lisboa. 
Promoveu, ainda, a diversificação da carteira de negócios do Grupo, por via da participação no capital social da EDA e do Novo Banco dos Açores e da entrada no sector da distribuição, resultante da aquisição do Grupo Nicolau de Sousa Lima. 
Em 2010, por motivos de saúde, cessou as funções de Presidente do Conselho de Administração do Grupo Bensaude. 
Em 2011, foi-lhe atribuída a Insígnia Autonómica de Mérito Industrial, Comercial e Agrícola, pela Assembleia Legislativa da Região autónoma dos Açores. No Grupo,  que conta com mais de 3.000 colaboradores nos Açores e em Portugal continental, Luís Bensaude revelou sempre um espírito visionário e empreendedor. 
“Homem de bom trato, de grande inteligência e reconhecida seriedade”, a Luís Bensaude se deve a consolidação da expansão das áreas de negócio do Grupo que está a comemorar os seus 200 anos de existência. 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima