Luís Miguel Rego assume: “Objectivo é renovar o título”

“No ano passado já tivemos a sorte, na parte final da época, de poder correr com um carro da última geração. Iniciamos o campeonato com um Skoda Fabia R5 e terminamos as últimas duas provas com um Skoda Fabia R5 Evo, que é um carro da nova geração”.
Aliás, a estreia da última evolução do carro da marca checa foi feita pelo piloto na quinta prova do Campeonato dos Açores de Ralis, o 41.º Rallye Além Mar Ilha Lilás, onde o campeão açoriano de ralis conduziu o Skoda Fabia R5 Evo, tendo as honras de ter sido o primeiro a fazê-lo em Portugal.
Não podia ter corrido da melhor maneira essa prova, já que Luís Miguel Rego e Jorge Henriques acabariam por vencer essa prova, num despique animadíssimo com Diogo Gago, o piloto algarvio da Play/AutoAçoreana Racing (Citroën C3 R5).
Sem desvendar qual será a escolha, para que continue a ter o mesmo nível de competitividade, sempre disse que “em cima da mesa existem várias opções de diversas marcas”. Neste momento, o Dossier está em fase final de avaliação e à espera de algumas respostas.
Sobre o Skoda Fabia R5 Evo, disse que “é um carro bastante competitivo e equilibrado”. 
De recordar ainda, que Luís Miguel Rego e Jorge Henriques estiveram também em Inglaterra a experimentar, em primeiro mão, a nova versão do Ford Fiesta R5 MK2, a convite da M-Sport, conseguindo assim “experimentar os dois carros da nova geração”, o que também lhe “permitiu ter algum suporte, para conjuntamente com o Team Além Mar poder tomar uma decisão final”, o que deverá acontecer dentro em breve.
Anunciada viatura, e porque a equipa que ganha não se mexe, a parceria com a ARC Sport manter-se-á, porque o piloto entende que se “trata de uma estrutura humilde e profissional, que partilham os mesmos ideais, princípios e gostos”, sendo este mais um alicerce para o “objectivo da renovação do título”.

Ricardo Moura e a influência 
do pai Luís Rego

Campeão regional em 2018 e 2019, os êxitos alcançados é o corolário de muitos anos de trabalho. Tudo começou há cerca de 10 anos atrás e foi uma grande escalada. Luís Miguel Rego recorda, que quando entrou, teve de encarar com a presença do melhor piloto de todos os tempos, na sua opinião, a nível Açores: Ricardo Moura. “Começar do zero e apanhar logo com o Ricardo Moura, que na altura estava no seu pico de forma foi um grande desafio. Deu-me aquela vontade de querer trabalhar sempre, cada vez mais, para tentar chegar ao seu nível, o que me proporcionou, nos últimos dois anos, estar mais bem preparado para poder competir com os melhores”. Os êxitos alcançados “devem-se a um conjunto de pessoas e entidades, principalmente, o meu pai, responsável pelo meu ingresso nas corridas e que me proporcionou tudo o que estava ao seu alcance para que o sonho se tornasse realidade. Amigos, mecânicos, familiares e patrocinadores, entre eles, o Team Além Mar, têm sido incansáveis”, acentuou.

“Vai ser um ano competitivo”

2019, já lá foi, vem aí uma nova época desportiva. “Vamos ter um ano, certamente também bastante duro, com uma equipa adversária que nos últimos três anos tem demonstrado que quer muito vencer, tem todos os meios disponíveis para lutar pelas vitórias e pelo campeonato”.
Reportando-se em concreto a Diogo Gago, sustenta que se trata “de um piloto rápido e experiente, que no ano passado demonstrou também uma rápida adaptação ao R5”.
A par disto, “surgem também outros concorrentes a ter em conta”, entre eles, Rafael Botelho, que este ano passa a correr com um Skoda Fabia R5, integrando a ambiciosa estrutura da “The Racing Factory”.
“Ingredientes não faltam para que possamos ter um Campeonato dos Açores de Ralis competitivo, que de certeza irá levar muita gente às estradas para assistir às provas da temporada de 2020”.
Este ano, o Grupo Desportivo Comercial volta a ter as honras de abertura e de encerramento do campeonato, começando com o Azores Rallye que vai marcar o arranque da temporada, no último fim-de-semana do próximo mês, terminando o “Regional” a 7 de Novembro com o Além Mar Rali, nova prova do Grupo Desportivo Comercial.
Pelo meio teremos os seguintes ralis: 1/2 Maio – Rali Sical – Terceira Automóvel Clube; 5/6 Junho – Rali Ilha Azul Além Mar – CA Faial; 7/8 Agosto – Rallye Além Mar Santa Maria – Clube Asas do Atlântico; 18/19 Setembro Rali Além Mar/ 42º Ilha Lilás – Terceira Automóvel Clube; 16/17 Outubro- Rali do Pico – Automóvel Clube Nacional.

A nova época começa 
no final do ano anterior

Luís Miguel Rego reforçou que “o Team Além Mar já começou a preparar a nova época há já algum tempo”, ou seja, “desde o final de 2019. Apesar das coisas parecerem simples, o que é um facto é que, numa equipa semiprofissional, porque não somos profissionais e não fazemos só isto na vida, tentamos fazer sempre um trabalho o mais profissional possível, preparando tudo ao detalhe, para que nada falhe e para que possamos alcançar os nossos objectivos. Assim, temos que tratar de tudo com a maior brevidade possível, de forma, a que nada falhe, mas mesmo assim, às vezes acontecem alguns imprevistos que não conseguimos controlar”.
Mais ainda, o piloto releva que começa-se a preparar a nova época “com a escolha do carro, a equipa, os meios que vamos ter à nossa disposição, o parque de logística e fundamentalmente, depois surge a minha preparação para as provas, envolvendo as componentes físicas e mentais. No entretanto, analisa-se o que foi feito e aquilo que se pode melhorar, da mesma forma que também acontece com o meu navegador, o Jorge Henriques, já que em conjunto analisamos o que foi feito na época anterior, na tentativa de tentar perceber o que de bom foi feito, eliminando, ao máximo, os pontos fracos, porque só assim é que conseguiremos estar mais fortes no ano seguinte”.
“Nesta fase de pré-época estou mais focado na componente física, porque este é um desporto muito exigente, do ponto de vista físico e para estarmos mentalmente focados, e bem, é importante a componente física. Posteriormente a isso, quando tivermos o nosso carro disponível, iniciar-se-á os trabalhos no terreno”, concluiu.
Assegurada a componente física e com o carro afinado, as emoções regressam com o início da competição a 27 de Março com o Azores Rallye, prova que também conta para o Europeu de Ralis e abre igualmente essa competição.

 

Print

Categorias: Desporto

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima