Projecto ‘Semear, Colher e Vender’ envolve agricultores e técnicos

Cooperação transnacional entre os Açores e Cabo Verde na área agrícola

 As associações ASDEPR e a ARDE, instituições vocacionadas para a promoção do desenvolvimento local, estão a executar um projecto de cooperação com a República de Cabo Verde, através do Ministério da Agricultura cabo-verdiano, no âmbito da agricultura, fruticultura e floricultura. 
A Associação Agrícola de São Miguel entra nesta parceria com o seu know how técnico, considerado “indispensável para o sucesso desta operação”. A formação está a ser dada, neste momento, em Cabo Verde, pelo engenheiro Nuno Dias, técnico da Associação Agrícola.
O projecto de cooperação transnacional, denominado ‘Semear, Colher e Vender’, financiado pelo PRORURAL+, é coordenado Fernando Sousa, antigo Director Regional do Desenvolvimento Rural, tem um prazo de execução de 2 anos e está orçamentado em 213 mil euros. Uma parte deste montante é comparticipada pelo Governo Regional dos Açores. 
A operação, estrategicamente estrutu-rada em função das necessidades específicas de Cabo Verde, aferidas in loco, em 2018, numa visita minuciosa ao terreno, inclui formação técnica, teórica e prática, com o foco específico na assistência especializada a 20 agricultores/pequenas empresas agrícolas cabo-verdianas na produção de hortaliças em estufas.
A formação está também focada no intercâmbio de agricultores e produtores para conhecer a experiência açoriana nas áreas da organização, comercialização, produção em estufa (hortícolas e flores); e a capacitação de agricultores e criadores de Cabo Verde em técnicas de produção, organização e comercialização de produtos.
As outras áreas de formação são a capacitação de agricultores e criadores cabo-verdianos em técnicas de transformação de hortícolas, frutícolas e produtos de origem animal;  a capacitação em floricultura para pequenos produtores de plantas ornamentais; e a aquisição de pequenos equipamentos agrícolas.
O projecto ‘Semear, Colher e Vender’ esteve no terreno, de 13 a 16 de Novembro de 2019, a dinamizar as trocas comerciais, através da presença de 10 empresários açorianos na FIC (Feira Internacional de Cabo Verde). Esta presença expôs e divulgou produtos açorianos naquele território.
Neste momento, está a decorrer na ilha de Santiago, Cabo Verde, uma formação sobre a aplicação de produtos fitofarmacêuticos, dirigida a 25 agricultores. 
De 9 a 13 de Março, as associações ASDEPR e a ARDE vão receber quatro técnicos cabo-verdianos para participar numa formação específica sobre a montagem, uso e manutenção de equipamentos agrícolas.
 De 1 a 8 de Maio as duas associações vão promover na ilha de S. Miguel um encontro técnico denominado ‘Sustentabilidade da Agricultura em Regiões Insulares’, com a presença de representantes do Governo de Cabo Verde.
A cooperação com Cabo Verde, mais concretamente com a ilha de Santiago, em que os principais parceiros do território estrangeiro são a Associação Comercial, Agrícola, Industrial e de Serviços de Santiago, ACAISA, e o Ministério da Agricultura e Ambiente de Cabo Verde, MAA CV, “ambiciona promover a Inclusão Social, Redução da Pobreza e o Desenvolvimento Económico das Zonas Rurais”.
“Acreditamos numa metodologia que inclui os agentes locais como protagonistas actuantes no Desenvolvimento Local, pelo que todos este processo envolve respeito de actuação, por relação ao Governo de Cabo Verde, aos nossos parceiros em Cabo Verde, e ao povo cabo-verdiano”, refere a ASDEPR.

Missão técnica nos Açores

A delegação de Cabo Verde que chega no dia 9 deste mês a Ponta Delgada para uma acção de formação é constituída por Carlos Manuel Pereira Tavares, Elídio Ramos Fernandes, Adilson Rodrigues Tavares e Ider Sanches Pereira.
 No dia 10 os técnicos vão visitar as instalações da empresa Granja, nos Valados, a que se segue uma formação sobre equipamentos agrícolas motorizados que se vai prolongar pela tarde.  Ao longo do dia 11 do corrente, os técnicos vão participar uma acção de formação em montagem, manutenção e conservação de estufas, com o acompanhamento da ASDEPR.
Na Quinta-feira, dia 12 do corrente, os técnicos de Cabo Verde vão participar numa formação em montagem, manutenção e conservação de sistemas de rega, com visita à fábrica de queijos de Carlos Rego.

J.P. 
 
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima