Não há nenhuma morte nem transmissão local

Açores registam 17 casos positivos de infecção pelo novo coronavírus

A Autoridade de Saúde Regional informou ontem que foram diagnosticados mais cinco casos positivos de Covid-19 na Região, de acordo com as análises realizadas no Serviço Especializado de Epidemiologia e Biologia Molecular, do Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira. Tiago Lopes garantiu que não há transmissão local, assim como não houve qualquer morte nos Açores, como foi avançado pela Direcção Geral de Saúde. Tratou-se de um equívoco, mas que gerou uma onda de pânico na Região. “Relativamente a um óbito registado Segunda-feira, 23 de Março, no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, a investigação laboratorial deu resultado negativo para infecção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença Covid-19.
“A Secretaria Regional da Saúde está em articulação com a Direcção-Geral da Saúde para a correcção do relatório de situação divulgado por aquela entidade, que indica que existe um óbito relacionado com Covid-19 nos Açores”, lê-se no comunicado emitido pela Autoridade de Saúde Regional, e confirmada por Tiago Lopes aos jornalistas. 
Dos novos casos detectados, dois foram-no ilha Terceira, um no Pico e dois em São Miguel. Todos apresentam situação clínica estável e estão, de momento, no domicílio. Os casos confirmados em São Miguel correspondem a um homem, de 31 anos, e uma mulher, de 22 anos, que participaram no mesmo cruzeiro associado aos casos detectados em São Jorge.Na ilha Terceira, trata-se de duas mulheres, com 20 e 37 anos. A jovem de 20 anos esteve em contacto com um caso positivo diagnosticado em São Jorge, enquanto a mulher de 37 anos esteve em contacto com o segundo caso confirmado na Terceira. Os contactos não tiveram lugar nos Açores mas sim no exterior da Região.
O caso confirmado no Pico é de um homem, de 53 anos, com passagem recente pelo Canadá, onde teve contacto com um caso positivo.
A Autoridade de Saúde apela às pessoas que participaram no cruzeiro com destino ao Dubai, de 7 a 14 de Março, no navio MSC Belissima, que ainda não tenham sido contactadas, que liguem para a Linha de Saúde Açores - 808 24 60 24. Segundo a Autoridade de Saúde Regional já foram contactados todos os que na Região e no continente estiveram neste cruzeiro e em contacto com o grupo açoriano mas agora há que chegar mais longe, ao estrangeiro, para que outras autoridades de saúde possam ter o mapeamento de possíveis infectados.
Até ontem, foram detectados na Região 17 casos positivos para infecção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença Covid-19: um no Faial, sete em São Jorge, quatro em São Miguel, quatro na Terceira e um no Pico. Tiago Lopes enquanto Autoridade de Saúde Regional referiu várias vezes na conferência de imprensa que ainda não há qualquer contágio local mas que é possível que isso venha a acontecer, contudo para evitar a transmissão só é possível se as pessoas se recolherem, evitar contactos e sair só quando necessário e estar distantes uma das outras entre dois a três metros.
Admitiu também que a Região está a fazer mais testes do que a média a nível nacional para poder rastrear melhor o problema e o número de casos diagnosticados como positivos só acontece porque os Açores estão a testar, testar, testar e a procurar seguir o rasto dos contactos. 
A ideia transmitida uma vez mais por Tiago Lopes é a de insistir que as pessoas permaneçam em casa, associando-nos ao apelo “Fique bem, fique em casa, proteja-se a si e aos seus e aos outros.”                

N.C.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima