Câmara da Ribeira Grande disponível para colaborar na aquisição de material informático para ensino à distância

Face à decisão do Governo Regional dos Açores em decretar o ensino à distância para o 3.º período do ano letivo 2019/2020, a Câmara da Ribeira Grande “está disponível para colaborar na aquisição de material informático para distribuir pelos alunos que não tenham computador ou outro equipamento informático em casa, através do qual lhes seja possível dar continuidade aos estudos”, revelou Alexandre Gaudêncio.
O Presidente da autarquia manifestou esta disponibilidade no decorrer da reunião camarária de ontem, 2 de Abril, avançando também que a edilidade já estava a trabalhar por antecipação de modo a assegurar dados em tempo útil.
Prevendo que este poderia ser um cenário em equação, o Presidente da Câmara da Ribeira Grande já tinha contactado a Direcção Regional da Educação com o propósito de manifestar a intenção de avançar com a aquisição do material informático.
Alexandre Gaudêncio esclareceu que “o levantamento está concluído ao nível dos estabelecimentos de ensino do concelho e a autarquia está, neste momento, em articulação com os conselhos executivos das escolas, a aquilatar as reais necessidades sobre esta matéria para a aquisição imediata dos equipamentos.” 

Vereadores do PS/A 
 apresentam propostas de apoio 
Os vereadores do Partido Socialista dos Açores na Câmara Municipal da Ribeira Grande revelam ontem que propuseram, durante a reunião camarária, um conjunto de propostas com vista a apoiar famílias e empresas, no âmbito da pandemia provocada pela Covid-19. Nesse sentido, e no que às famílias diz respeito, as propostas socialistas passam pela aquisição de equipamento de informática para as escolas e a disponibilização de internet aos agregados familiares com alunos do 1º e 2º ciclo.
“No fundo, a nossa proposta visa a aquisição de computadores e tablets, para as escolas, para que estas possam ceder aos alunos do 1º e 2º ciclo, principalmente entre o 4º e o 6º ano, de modo a permitir uma igualdade de acesso ao ensino neste período de emergência. Mas, propusemos igualmente a disponibilização de internet aos agregados familiares com alunos do 1º e 2º ciclo que não disponham deste meio, de modo a que possam acompanhar as formas de ensino adotadas pelas escolas”, afirmou Fernando Sousa.
Ainda no apoio às famílias, os socialistas destacam uma proposta alternativa à do Executivo camarário, que consiste na isenção da taxa fixa e taxa de resíduos, pagando até ao final do mês de Junho o valor do consumo mais baixo dos últimos três meses (janeiro fevereiro e março). Neste ponto, e no que concerne às empresas propõe que paguem apenas a taxa de disponibilidade, os setores decretados para encerramento, conforme a legislação vigente e produzida para o efeito, ou que tenham recorrido ao lay-off.
Das propostas dos vereadores do PS/A à autarquia da Ribeira Grande constam ainda a criação de um fundo de emergência empresarial para micro e pequenas empresas do concelho, complementando as medidas já anunciadas pelo Governo dos Açores e o Governo da República.  Propuseram ainda a isenção do pagamento da taxas e tarifas de publicidade exterior para o ano de 2020, e a devolução da receita da derrama de 2019, caso legalmente possível, ou anunciar já a isenção total para o próximo ano.
Além deste conjunto de propostas, os vereadores socialistas acrescentam ainda a aquisição, com urgência, de equipamentos de proteção individual, nomeadamente luvas, máscaras, viseiras e fatos de protecção, para os colaboradores da autarquia, a trabalhar em funções de risco de contágio, bem como para cedência às Juntas de Freguesia, IPSS e Bombeiros do concelho da Ribeira Grande, conforme se pode ler em comunicado dos socialistas.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima