Elizabeth Ministro preparada para (re)abrir a Clínica de Ponta Delgada

Regresso ao trabalho “com agendas cheias” para tratamentos de corpo e rosto e novas regras a cumprir em prol da beleza e da saúde

Correio dos Açores: As clínicas de estética e bem-estar estão a preparar-se para reabrir as portas, mas com um pacote de novas regras para proteger clientes e trabalhadores em tempo de pandemia. Vai ser preciso fazer marcação prévia, levar máscara, desinfectar as mãos antes de entrar (…). Os cumprimentos deixam de existir. Como acha que vai ser esta nova fase? 
Elizabeth Ministro: Esta nova realidade, para nós já fazia parte da nossa rotina diária. Apenas acrescentamos o uso da viseira com máscara. Já usávamos em todos os trabalhos luvas e todo o material possível descartável. Procedemos também à desinfecção do material não descartável usado, bem como a desinfecção dos manípulos de laser e de todas as superfícies. Actualmente, a grande mudança dá-se na abordagem às clientes, nomeadamente na utilização obrigatória de máscara, na desinfecção das mãos à entrada e saída e, claro, o acesso condicionado à clínica. 
O nosso staff tirou vários cursos de desinfecção durante o estado de emergência e estamos preparados para o regresso. 
Na recepção controlamos o  distanciamento e frequentemente procedemos à limpeza e desinfecção do terminal multibanco, balcão e agenda. 
Os gabinetes dispõem apenas do material a utilizar por cliente e previamente esterilizado. A sala é toda desinfectada, havendo um período de desinfecção obrigatório maior, entre cada agendamento. 

Sendo a clínicas Elizabeth Ministro um centro especializado em depilação definitiva, tratamentos de rosto e corpo e estética, que preocupações tem para acolher as suas clientes, uma vez que os tratamentos exigem muito contacto humano?
A cliente ao chegar é direccionada para o gabinete, tendo este sido previamente desinfectado e preparado. Caso seja possível, a cliente manterá a sua protecção individual e pedimos que retire o seu calçado antes de subir para a marquesa. Caso não seja, a cliente poderá retirar a máscara após a chegada da técnica, estando esta devidamente protegida e conhecedora de todas as medidas a tomar durante o tratamento. Como referi, após o tratamento procederemos à limpeza e desinfeção do gabinete. Esta desinfecção inclui marquesas, lupas, lasers, cadeiras, móveis de apoio, puxadores de portas e qualquer superfície tocada. O material não descartável é desinfectado e colocado no esterelizador.

Como foi estar em casa sem ter qualquer rendimento da Clínica em termos de atendimento personalizado? Encontrou alguma alternativa para continuar com parte do seu negócio? 
Nós estivemos sempre contactáveis. Quase todas as clientes têm o meu numero pessoal e faço questão de o dar para um follow-up nos tratamentos. As que não tinham, comunicamos através das páginas das clínicas nas redes sociais. Os cremes foram entregues quando deles necessitaram e qualquer dúvida enviavam fotos, de modo a que pudéssemos dar um acompanhamento mais personalizado. 

Consegue contabilizar o prejuízo, no geral, com as portas fechadas e quantos trabalhadores foram afectados?
Nós somos dez funcionárias e claro que houve muito prejuízo, mas todas se prontificaram a ajudar. Por isso, agora temos que trabalhar e seguir em frente.

Acha que os profissionais do centro de estética tiveram protecção do Governo açoriano? Utilizou algum programa de protecção para trabalhadores, como por exemplo lay-off?
Da minha parte senti apoio da parte dos bancos que se prontificaram a dar crédito, caso fosse necessário. No entanto, não foi necessário. Apenas recorremos à situação de lay-off para o mês de Abril, e temos todos os pagamentos em dia.

Conte-nos um pouco das dificuldades e das expectativas que tem em relação à abertura? Já sabe que regras concretas vão ter no interior? Já receberam alguma indicação da Direcção Regional de Saúde?
Nós já sabemos o que fazer e o que esperar porque também temos a clínica em Torres Vedras que já iniciou no passado dia 4 de Maio. Foi criado em conjunto com a empresa de higiene e segurança no trabalho um Plano de Contingência. Aplicamos ainda um novo plano de higienização nos gabinetes, recepção e instalações sanitárias. Plano esse que obriga o uso de produtos próprios e certificados. Fornecemos a todos os nossos colaboradores materiais de protecção individual adequados e controlamos diariamente os sintomas e temperatura dos mesmos. Afixamos ainda em vários pontos da clínica as medidas tomadas, bem como as boas práticas por parte da equipa e clientes 

Para facilitar a actividade e permitir atender mais pessoas, admite-se o alargamento dos horários de funcionamento dos estabelecimentos. Concorda?
Concordo. Para nós até foi fácil, elaboramos dois turnos de 3 colaboradoras, as que tinham filhos em tele-escola ficaram no turno da tarde. Assim facilitamos a vida a todos. 

Se o serviço estiver atrasado e for preciso esperar um pouco à porta, como no supermercado ou na farmácia, acha que os clientes estão preparados para esta nova vida? 
Sim, sem problema nenhum. A nossa clínica tem a vantagem de ter estacionamento à porta, facilitado com o facto de poderem até mesmo aguardar tranquilamente nas suas viaturas, se for necessário.

Sendo que há alguns tratamentos que têm continuidade mas não foi possível na Clínica que acompanhamentos tiveram as pessoas? 
Os tratamentos, claro, tiveram de ser interrompidos, mas nós fomos explicando às clientes o que fazer ou não, em casa. Agora todos os tratamentos vão ser retomados sem qualquer problema.

Já tem marcações para a nova fase de reabertura? Como têm reagido os utilizadores da Clínica?
Felizmente temos as agendas cheias, as clientes estão ansiosas pelo nosso regresso.

Olhando para o passado recente, o que mais procuram as pessoas na sua clínica?
Nas nossas clínicas, os serviços mais procurados serão os tratamentos a laser e electrólise, visto serem essas as nossas especialidades há já 24 anos, tanto na depilação como na estética avançada.
Há hoje uma maior preocupação em evitar o mais possível o envelhecimento e/ou pelo menos atenuar os sinais da idade. 

Quais os conselhos que dá a quem nos estiver a ler?
Devemos começar a tratar da pele desde cedo. Deste modo, com o avançar da idade apenas irá necessitar de pequenos retoques a nível de rugas ou flacidez. É um cuidado contínuo que proporciona qualidade de vida constante. Infelizmente, muitas pessoas não valorizam os cuidados diários desde cedo. Um dia olham no espelho e deparam com o envelhecimento já avançado e querem milagres! Que mesmo assim os vamos fazendo, com os nossos equipamentos de última geração e cosmética de excelência. 

Olhando ao dia em que teve de fechar as portas devido à Covid-19 que sentimento lhe ficou?
É difícil descrever, é como uma mãe deixa um filho. As clínicas fazem parte de mim.

Como foi viver em isolamento? 
Posso dizer-lhe que soube bem aproveitar este tempo livre que nunca tive. Desde aulas de yoga online, cursos que queria tirar e finalmente tive tempo, cozinhar que adoro e ter a companhia do marido em teletrabalho e o Sharma, o nosso cão. Nunca tive que sair de casa. E realmente foi espectacular relativamente às redes sociais, fiz amigos virtuais e muitos novos clientes. Dei todo o acompanhamento possível por parte da clínica com vídeos, respondendo a questões, desafios e divulgando os serviços que prestamos nas clínicas. Foi um período muito produtivo, dentro dos possíveis, para as Clínicas e para mim.

 Quem é Elizabeth Ministro?                        

Elizabeth Ministro é natural de Toronto, Canadá, onde se licenciou em Electrologia pela Ontario Academy of Electrolysis. Veio para Portugal em 1996 e desde então exerce a sua profissão como electrologista. Elizabeth Ministro inicia a sua actividade com laser ND:YAG para fins estéticos, praticamente desde a sua introdução em Portugal, no centro piloto de depilação a laser em Lisboa. 
Em 1996, sob a sua direcção técnica, abre uma clínica com várias valências em Torres Vedras, entre as quais dipilação a laser e eletrólise.  Hoje a Clínica Elizabeth Ministro de Torres Vedras oferece os mais variados serviços em Depilação a Laser, Electrólise e Estética Avançada. Em 2006, Elizabeth Ministro decide avançar para terras açorianas.  Abre a sua primeira Clínica em Ponta Delgada em 2007, e inicia a sua actividade com tratamentos de Depilação a Laser, Electrólise e Estética Avançada. Em 2009 inaugura a Clínica Elizabeth Ministro em Angra do Heroísmo, contando com Depilação a Laser e Eletrólise. Entretanto, a actividade da clínica expandiu-se para outras ilhas dos Açores, nomeadamente Santa Maria, São Jorge, Graciosa, Pico e Flores. Em 2014 vende a Clínica de Angra do Heroísmo para se dedicar exclusivamente à de Ponta Delgada e de Torres Vedras. Desde 2009 que mantem parceria com a Clínica da Povoação, na ilha de São Miguel. 
Em 2013 estagia e colabora directamente com a reputada Clínica DR LASER, do Brasil, do conceituado cirurgião plástico brasileiro Rafael Nunes. Nesse mesmo ano participou também no congresso Mundial de Dermatologia em Miami.
 Em 2015 lança a linha de cosmética ELIZABETH M, uma linha completa de protecção e regeneração celular, especialmente criada para os seus clientes. 
Em 2018/19 especializou-se em estética avançada com o Laser Icon para fins dermatológicos.
Foi seleccionada como Membro pela “The Worldwide Association of Female Professionals”, em Julho de 2019.
Hoje, as Clínicas Elizabeth Ministro contam com 24 anos de experiência e com a mais avançada tecnologia laser do mercado. 
Elizabeth Ministro é membro da American Association of Electrology, The Society for Clinical and Medical Hair Removal e  da American Society for Laser, Medicine and Surgery.
 

Print

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima