Transporte marítimo de mercadorias aumenta nos Açores em plena pandemia

Os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) dão conta de que o movimento de mercadorias nos portos dos Açores aumentou, principalmente no porto de Ponta Delgada, com especial destaque para o tráfego internacional. 
De acordo com o INE deram entrada no porto de Ponta Delgada nos primeiros três meses deste ano 167 embarcações de mercadoria, representando um aumento de 4,4% em comparação com 2019 (deram entrada 260). Em Fevereiro até se registou um aumento de 35,9% face a 2019 mas em Março houve um decréscimo de 7,4% no número de embarcações. 
Na Praia da Vitória houve menos 12,4% do movimento de embarcações no primeiro trimestre. Em Janeiro houve menos 35,5% de embarcações a passar por aquele porto, que viu aumentar em 15,6% o movimento em Fevereiro, para sofrer nova quebra de 16,7% em Março. 
O movimento de mercadorias em Ponta Delgada foi de 3.280 mil toneladas nos primeiros meses deste ano, o que representou uma variação homóloga de 2,9% face a 2019. Em Janeiro (-33,9%) e em Fevereiro (-7,6%) houve decréscimos face aos mesmos meses do ano passado, mas em Março registou-se um acréscimo de 63,5% nas mercadorias movimentadas em Ponta Delgada. 
O mesmo aconteceu no porto da Praia da Vitória, que registou decréscimo no global do trimestre (-3,5%), mas que em Março viu aumentar em 31,3% o movimento de mercadorias face a Março de 2019. 
Para estes números contribuiu o tráfego internacional de transporte de mercadorias. Em Ponta Delgada esse movimento representou um crescimento de 91,9% em comparação com o mesmo período de 2019, enquanto na Praia da Vitória significou um aumento de 14,8%. Ao nível do tráfego nacional, nos primeiros meses de 2020 Ponta Delgada recebeu menos 13,8% de mercadorias face ao período homólogo, enquanto no porto da Praia da Vitória o decréscimo de mercadorias que chegaram em tráfego nacional representou 6,8%.
Ao nível da importação e das mercadorias descarregadas, em Ponta Delgada representaram um acréscimo de 2,7% em comparação com os primeiros meses de 2019. Já no porto da Praia da Vitória esse acréscimo foi de 0,2%, face a 2019. 
Quando comparados os valores de Março deste ano com Março de 2019, os aumentos são significativos. Em Ponta Delgada foram descarregadas mais 103,4% de mercadorias em Março deste ano do que em Março de 2019. Na Praia da Vitória as mercadorias descarregadas em Março deste ano representaram mais 45,3% face a 2019. 
Ao nível das mercadorias, no porto de Ponta Delgada, nos primeiros meses de 2020 foram carregadas 990 toneladas o que representou um acréscimo de 3,4 face a 2019. Na Praia da Vitória foram carregadas 260 toneladas que representam um decréscimo de 14,4% face a 2019.
Nas mercadorias carregadas houve decréscimos em Março, com Ponta Delgada a carregar menos 7,7% de mercadorias e a Praia da Vitória com menos 7%.

Passageiros também diminuíram

Já ao nível do transporte de passageiros, registou-se nos Açores um decréscimo generalizado com acentuadas reduções no mês de Março. De acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), em comparação com o primeiro trimestre de 2019, os aeroportos da Região registaram uma redução acentuada de passageiros situada entre os -8,5% (no aeroporto de Santa Maria) e os -24,2% (no aeroporto da Graciosa). O aeroporto João Paulo II, em São Miguel, movimentou 287.015 passageiros nos primeiros três meses deste ano e teve um decréscimo de 15,7% face ao período homólogo (340.290 passageiros), mas que se acentuou (-52,9%) quando comparado o mês de Março de 2020 (em que foram movimentados 61.604 passageiros) com Março de 2019 (sendo movimentados 130.905 passageiros). 
Comparando Março de 2020 com o mês homólogo, foi o aeroporto das Lajes, na Terceira, que registou um decréscimo mais acentuado (54,5%), seguindo-se o aeroporto da Horta com menos 54% de passageiros movimentados em Março deste ano em comparação com o mesmo mês de 2019. 
O tráfego doméstico foi o mais afectado nos aeroportos das ilhas açorianas, com quebras que variam entre -26,1% (na Graciosa) e -7,8% em Santa Maria quando se compara o primeiro trimestre de 2020 com o mesmo período de 2019. No tráfego internacional os decréscimos foram mais díspares uma vez que houve ilhas que   não receberam qualquer passageiro em 2019, mas recebeu passageiros provenientes do estrangeiro em 2020 e o contrário também aconteceu. No entanto, em São Miguel no primeiro trimestre de 2020 houve movimento de 33.219 passageiros estrangeiros, contra os 39.039 movimentados no mesmo período de 2019. 
Ao nível das aeronaves aterradas nos Açores em voos comerciais, totalizaram 3.981 no primeiro trimestre de 2020, representando um decréscimo de 14,4% em comparação com o mesmo período de 2019, em que aterraram na Região 4.648 aeronaves.

    Carla Dias

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima