Socialistas querem fazer parte da solução para Ponta Delgada

Depois de conhecida a nova equipa da Câmara Municipal de Ponta Delgada, os vereadores do Partido Socialista dos Açores na Câmara Municipal de Ponta Delgada convocaram os jornalistas para assumir que estão “do lado da solução e não do problema, da estabilidade e não da instabilidade, estando sempre disponível para construir e não fragilizar”, o vereador socialista afirmou não ser apenas retórica: “Ao longo deste mandato temos demonstrado com ações concretas, o PS detém a maioria na Assembleia Municipal e, por essa via, temos viabilizado os Orçamentos de 2018, 2019 e 2020, permitindo, entre outras coisas, uma maior equidade na distribuição de investimento pelas 24 freguesias do concelho”.
A par disso os vereadores do PS/A na autarquia de Ponta Delgada têm apresentado ainda um conjunto de propostas com um único objetivo: melhorar a vida das pessoas que vivem e trabalham no concelho. “Fizemo-lo ao longo do mandato e ainda esta semana apresentamos um conjunto de medidas neste sentido para dar resposta a este momento desafiante que vivemos, em que devíamos estar todos unidos para ultrapassar as dificuldades que as empresas e as famílias deste concelho sentem. Este não é o momento para criar instabilidade, mas sim trabalhar em prol de Ponta Delgada”.
 “O Partido Socialista coloca e colocará sempre em primeiro os interesses dos cidadãos, dos homens e das mulheres deste concelho, aqueles que se levantam diariamente para que, com o seu trabalho e o seu contributo, se possa viver cada vez melhor em Ponta Delgada, e é com estes que estamos a trabalhar. Por isso entendemos ser este o momento de termos uma nova vida em Ponta Delgada”, afirmou Vítor Fraga.
Contudo, os vereadores socialistas, pela voz de Vítor Fraga,  consideram ontem que a instabilidade no concelho tem um nome e um rosto, José Manuel Bolieiro que, em 2017, “assumiu o compromisso com os cidadãos de Ponta Delgada de cumprir o mandato até ao fim e, na primeira oportunidade, rompeu com esse compromisso colocando os interesses partidários acima dos interesses do concelho”.
 “Este é o padrão de desenvolvimento do PSD em Ponta Delgada. Há muito tempo que desistiram do concelho. Usam Ponta Delgada para satisfazer os seus interesses partidários”, afirmou Vítor Fraga em declarações aos jornalistas.
Segundo o vereador socialista, a situação de instabilidade provocada no concelho, em que “pouco mais de três meses tivemos três presidentes de Câmara, em plena pandemia”, é de todo lamentável, uma vez que sendo Ponta Delgada o maior concelho dos Açores e o “centro económico, social e cultural da nossa Região”, tem por isso uma responsabilidade acrescida.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima