Secretária da Saúde enaltece papel do movimento “Todos por Quem Cuida” e destaca os profissionais que estão na linha da frente

A Secretária Regional da Saúde enalteceu ontem, em Ponta Delgada, o “amplo movimento solidário que surgiu no âmbito da Covid-19, bem como o empenho de todos os bombeiros, profissionais de saúde e forças de segurança na linha da frente deste combate”.
Teresa Machado Luciano, que falava, no Hospital do Divino Espírito Santo, na cerimónia de entrega à Região de 17 câmaras de proteção profissional pela Ordem dos Médicos, salientou “a solidariedade entre profissionais, num momento particularmente desafiante para todos, como comprova o movimento ‘Todos Por Quem Cuida’, uma iniciativa da Ordem dos Médicos e da Ordem dos Farmacêuticos, com o apoio da Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica e de outras instituições”.
No âmbito desta iniciativa, que visa levar a todo o país equipamentos diferenciadores na proteção dos profissionais de saúde e dos doentes, foram entregues 17 câmaras de proteção profissional à Região Autónoma dos Açores, destinando-se 10 ao Hospital do Divino Espírito Santo, quatro ao Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira, em Angra do Heroísmo, e três ao Hospital da Horta.
“As câmaras de protecção profissional permitem reduzir o risco de contágio pelo novo coronavírus e outros agentes infecciosos durante procedimentos em que existe um risco elevado de produção de aerossóis, como a entubação e a extubação de doentes”, avançou a titular da pasta da Saúde.
Teresa Machado Luciano frisou que “o equipamento de protecção individual não é uma questão na Região Autónoma dos Açores, pois foi realizado um investimento de 9,3 milhões de euros e, neste momento, a Região está preparada com equipamento que é monitorizado todos os dias para que tenhamos sempre um stock de seis meses garantido”.
A governante lembrou ainda que a Região “recebeu cerca de 624 mil euros em equipamento hospitalar, graças a movimentos espontâneos de solidariedade de cidadãos e organizações diversas, para ajudar a enfrentar a pandemia de Covid-19”.
“Todas as doações são muito importantes e demonstram o apreço e o reconhecimento dos açorianos aos profissionais que estão na linha da frente, sejam da saúde, da proteção civil ou das forças de segurança”, afirmou.
As câmaras ontem entregues, que funcionam como uma barreira física entre o doente e os profissionais, permitem manter a visibilidade do procedimento durante a sua execução e são reutilizáveis.
A utilização destas caixas não dispensa, porém, a utilização dos restantes equipamentos de protecção individual e as medidas de higienização já conhecidas. 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima