Rede de supermercados alemã com forte presença em Portugal

Lidl exporta atum Santa Catarina para Alemanha, Grécia e Bélgica

O Lidl começou recentemente com a exportação do atum Santa Catarina para Alemanha, Grécia e Bélgica. Trata-se de atum com a vossa marca “Bela Aurora” ou da marca Santa Catarina? Quando começaram essa exportação e em quantas lojas está presente o atum? 
Bruno Pereira (Administrador de Compras Lidl Portugal) - No Lidl Portugal temos o compromisso de valorizar e apoiar a produção nacional, privilegiando sempre que possível os produtores locais e assumimos um papel preponderante no crescimento da economia nacional, enquanto facilitador da exportação de produtos nacionais para os vários mercados onde temos presença, através das certificações e da estreita relação com os nossos fornecedores e parceiros, dando a conhecer a qualidade e rigor da produção portuguesa. 
O nosso parceiro de Santa Catarina iniciou a exportação através do Lidl em Março deste ano, com a marca Santa Catarina. Os artigos indicados foram exportados para lojas Lidl na Alemanha, Grécia e Bélgica. 

Como tem sido a resposta destes mercados ao atum açoriano? 
Estamos ainda numa fase inicial, mas acreditamos que será positiva. Os produtos portugueses destacam-se pela sua qualidade, a qual faz parte da aposta Lidl, garantindo o princípio da qualidade ao melhor preço. 

Isso representa quanto em termos de vendas?
O Lidl Portugal actua como interlocutor e dá apoio em todas as etapas do processo de exportação, não recebe quaisquer incentivos fiscais nem factura com a exportação de artigos nacionais. Fazemo-lo porque apoiamos os nossos parceiros, ao ponto de ser um dos pilares da nossa política de responsabilidade social. Não deixa de ser um privilégio sentir que contribuímos para uma importante causa nacional, apostando nas empresas nacionais e fortalecendo os mercados onde operamos. 

Como tem sido a parceria com a fábrica Conserveira Santa Catarina? E como tem sido a aceitação dos vossos clientes nacionais? 
A parceria com a fábrica Conserveira Santa Catarina tem sido muito positiva, um trabalho que já é desenvolvido em conjunto há 10 anos, que demonstra a importância para o Lidl, da valorização da regionalidade e nacionalidade dos produtos, privilegiando a proximidade como elemento estratégico, que garante os nossos valores de eficiência e qualidade. São produtos muito bem aceites pelos nossos clientes, que primam pela qualidade, aliando a tecnologia a métodos artesanais. 

Têm ao longo do ano várias campanhas pontuais com produtos dos Açores. Qual o produto mais apreciado pelos vossos clientes? Quanto representa em termos de vendas? 
Sim, o Lidl Portugal valoriza a produção nacional e nesse sentido procura dar destaque a determinadas regiões, incluindo os Açores. Produtos como o Atum e o Queijo são artigos muito apreciados pelos nossos clientes e com bastante procura. No entanto, não temos, por política, divulgar valores de vendas. 

Há algum produto açoriano que tenham permanentemente nas vossas lojas? 
Trabalhamos vários artigos de lacticínios com Origem Açores, que vão da Manteiga a vários formatos de Queijo. O Queijo da Ilha Curado, ralado e fatiado da nossa marca própria Terra do Vento e o Atum Nixe com produtos dos Açores, são exemplos de artigos que estão permanentemente disponíveis nas nossas lojas. 

Em relação à aposta do Lidl na exportação de queijos nacionais, pensam integrar os queijos açorianos neste lote? De que marca/ilhas? E em que mercados vão apostar? 
O Lidl Portugal está a avaliar a hipótese de exportação dos queijos nacionais em conjunto com os produtores, tendo em consideração a capacidade de produção de cada um e serão disponibilizados em mercados onde estamos presentes, que manifestem interessem e à partida haja uma boa aceitação. 

Há pelo menos um queijo da vossa marca própria que é produzido nos Açores. Como tem sido essa relação com os lacticínios açorianos? 
O Lidl Portugal tem vários queijos e lacticínios produzidos nos Açores, da nossa marca própria Terra do Vento. Esta relação já remonta há vários anos, tendo gerado resultados bastante positivos, pelo que se tem vindo a desenvolver cada vez mais. 

Pensam alargar o vosso leque de produtos açorianos à venda nas lojas Lidl? 
O Lidl Portugal dispõe de vários produtos açorianos, complementados em semanas específicas onde é dado destaque a uma determinada região, como por exemplo os Açores. Procuramos oferecer um sortido variado, adaptado em função do que os nossos clientes procuram e valorizam, sendo por isso dinâmico e inovador, centrando-se na frescura e qualidade dos produtos e no princípio da qualidade ao melhor preço. 

A questão da economia de escala dos Açores tem colocado alguns entraves à colocação de produtos daqui nas vossas lojas? E os transportes afectam de alguma forma? 
A capacidade de produção dos fornecedores pode ser muitas vezes um desafio, bem como a logística dos transportes, que por vezes pode limitar a disponibilidade de mercadoria. No entanto, temos vindo a trabalhar em conjunto com todos os nossos parceiros, por forma a minimizar estas questões e potenciar as parcerias e o trabalho conjunto e prova disso são os vários parceiros da região dos Açores com quem já trabalhamos há vários anos. 

Como classifica o Lidl os produtos dos Açores? 
A nossa política de compras centra-se na garantia de qualidade e frescura dos produtos e na sustentabilidade da cadeia de fornecimento. Neste sentido, investimos na qualidade e segurança dos nossos produtos, garantindo elevados padrões de qualidade e segurança, preços justos, e uma gama de produtos variada que satisfaça as necessidades dos nossos clientes, pelo que os produtos dos Açores que disponibilizamos nas nossas lojas não são excepção, primando pela sua qualidade e frescura. É uma região que aposta na valorização dos seus produtos lácteos, com a singularidade do modo de produção assente na pastagem das vacas ao ar livre, e aposta na qualidade do leite.

 

Print
Autor: Carla Dias

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima