Apresentação de Mota Amaral e Carlos César

Livro da Autonomia dos Açores lançado a 27 de Junho no Coliseu

O livro “A Vontade dos Açorianos - Os órgãos de governo próprio da Região Autónoma dos Açores (1976-2020)”, da autoria de José Andrade, é editado este mês em Ponta Delgada. O seu lançamento ocorre na data simbólica de 27 de junho, em que se realizaram as primeiras eleições regionais de 1976, e tem lugar na sala principal do Coliseu Micaelense, para cumprir as devidas recomendações de distanciamento físico.
Os antigos presidentes do Governo Regional dos Açores, João Bosco Mota Amaral e Carlos César, assinam os dois prefácios desta obra editada pela Letras Lavadas e são os oradores convidados para a sua apresentação pública. A sessão inicia-se às 18h30, com entrada livre para o público em geral.
O novo livro faz um balanço histórico dos primeiros 44 anos da Autonomia Política dos Açores, ao longo de 420 páginas. No essencial, reconstitui a composição dos sucessivos parlamentos regionais, com 560 deputados eleitos para as 11 legislaturas, e recorda os elencos governativos dos 12 executivos açorianos, com 127 governantes em funções, maioritariamente sob a liderança de Mota Amaral (1976-1995) e Carlos César (1996-2012). Ainda na sua componente central, designada como “Ordem do Dia”, o livro percorre a participação eleitoral e os resultados partidários das 11 eleições legislativas regionais, destacando os partidos políticos com representação parlamentar (PS, PSD, CDS, BE, PCP e PPM). Complementarmente, regista as sucessivas representações da República e inclui uma galeria de presidentes do Parlamento e do Governo, apresentando também um guia prática de funções regionais com a relação nominal das 460 personalidades que exerceram funções parlamentares e governativas de 1976 a 2020.
A primeira parte do livro, intitulada “Antes da Ordem do Dia”, apresenta o enquadramento legal da Autonomia Política, com sentido didáctico, explicando a Constituição da República Portuguesa, o Estatuto Político-Administrativo da Região Autónoma dos Açores e a Lei Eleitoral para a Assembleia Legislativa, e arquiva uma cronologia autonómica com 105 datas de interesse histórico para o percurso colectivo do povo açoriano. Os símbolos heráldicos da Região, o glossário dos partidos políticos e as sucessivas lideranças partidárias completam esta parte introdutória.
A terceira parte do livro, denominada “Depois da Ordem do Dia”, identifica uma dezena de personalidades com relação açoriana que foram membros do governo nacional, recorda os 82 deputados eleitos pelos Açores à Assembleia da República e acrescenta os 14 políticos que representaram a Região no Parlamento Europeu. Estas personalidades integram o guia de representações externas que encerra a estrutura editorial da nova publicação.
“A Vontade dos Açorianos - Os órgãos de governo próprio da Região Autónoma dos Açores (1976-2020)” é o 24º livro publicado por José Andrade e o décimo título da sua bibliografia dedicado a matérias de natureza política. O autor é licenciado em Ciências Sociais, na especialidade de Ciência Política, e tem exercido funções institucionais, nomeadamente na presidência do Governo Regional dos Açores e na presidência da Câmara Municipal de Ponta Delgada. Em 2012-2016, foi deputado à Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima