Zé Manuel contente por ter marcado golo histórico alerta para dificuldades no Bessa

 Ainda na “ressaca” da vitória histórica no Estádio da Luz frente ao Sport Lisboa e Benfica por quatro bolas a três, o autor do golo decisivo já nos momentos finais do jogo, Zé Manuel, falou desse momento histórico.
“É uma sensação boa, são jogos especiais contra as melhores equipas de Portugal e que todos os jogadores querem jogar, ter a oportunidade de participar, de ser preponderante e de fazer golos é a melhor sensação que há”, revelou.
O jogador de 29 anos leva dois golos apontados na Liga nesta temporada 2019/2020 e mostrou vontade de continuar a facturar.
“Claro que quero aumentar esse registo de golos nos jogos que ainda tenho por realizar”, disse o jogador do Santa Clara.

Ambição de jogar mais
Zé Manuel que, neste período de retoma da Primeira Liga de Futebol, foi suplente utilizado em três dos quatros jogos já realizados (não foi utilizado na vitória frente ao Sporting Clube de Braga) admitiu que o golo histórico apontado contra os ainda campeões nacionais pode abrir portas para uma maior utilização
“Sim é importante entrar bem e poder fazer golo. Claro que quero jogar mais tempo, mas a mim compete-me estar sempre em condições para poder ajudar e depois o treinador é que decide se jogo ou não”, referiu.

Próximo desafio
Já com o pensamento no que resta jogar do campeonato, o avançado do Santa Clara fala das dificuldades que a equipa vai encontrar no próximo domingo frente ao Boavista.
“Vai ser um jogo extremamente difícil, num estádio que é sempre complicado para os clubes que lá vão. Temos de ter a capacidade de desligar deste jogo do Benfica e entrar com tudo. Temos de estar com os índices de concentração elevados porque se não for assim, vamos passar dificuldades lá”, avisa Zé Manuel.
Depois de ter passado 3 épocas a vestir a camisa axadrezada do Boavista, o avançado açoriano admite que este regresso tem sempre um sabor especial.
“É sempre especial jogar contra o Boavista. É um clube que tenho no meu coração, que me ajudou muito. Um clube que é se calhar o mais importante da minha carreira. É sempre especial jogar contra o Boavista”, reforçou o avançado açoriano.
O Santa Clara/Boavista joga-se este domingo, pelas 20h, com 3 pontos a separarem as duas equipas. O Santa Clara soma 38 pontos e é 8º. classificado, já o Boavista ocupa o 10º. lugar e soma 35 pontos.
     
Jogos da 28ª. Jornada    
Em Tondela, a equipa da casa foi derrotada pelo Paços de Ferreira por 3-1. “Os castores” estiveram mesmo a ganhar por 3-0, valendo os golos de Douglas Tanque (10 e 45m) e o de Yohan Tavares na própria baliza. O golo de honra do Tondela foi apontado por João Pedro aos 88 minutos. Já em Moreira de Cónegos, empate a um gola entre Moreirense e Famalicão. Fábio Abreu do Moreirense, aos 69 minutos, e Toni Martinez do Famalicão, aos 74 minutos, foram os autores dos golos.  
                                     

Luís Lobão

Print
Autor: CA

Categorias: Desporto

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima