Em entrevista ao canal do futebol brasileiro e internacional ESPN

César Martins ainda com futuro indefinido diz-se “encantado por viver nos Açores e jogar no Santa Clara”

Em entrevista ao Canal do futebol brasileiro e internacional (ESPN), César Martins diz-se encantado por jogar no CD Santa Clara, apesar de ter o seu futuro indefinido. Tem contrato até ao final da temporada, mas ainda não sabe se irá renovar o vínculo com os “encarnados” de Ponta Delgada ou se irá para outro clube.
César Martins recorde-se, já foi comandado por Jorge Jesus no Benfica e esta temporada jogou 17 partidas com a camisola do CD Santa Clara, que soma 38 pontos no campeonato.
O próximo desafio da equipa açoriana é contra o Marítimo, na Cidade do Futebol, Sexta-feira, dia 3 de Julho, a partir das 18h15 (mais uma hora local).
O defesa começou por referir que fez a estreia como titular contra o Nacional da Madeira, que o Santa Clara venceu por 3-0. Na temporada 2018/2019, César Martins fez 30 jogos na I Liga e apontou 2 golos. “Foi uma temporada muito positiva”, atestou.
Na presente temporada confessa que não está a jogar muito como queria e como foi a época passada. Contudo, “nos jogos que entrei, ajudei a equipa a conquistar os pontos e a alcançar o objectivo de permanecer na Primeira Liga, três épocas consecutivos”, um facto histórico no clube.
Sobre o regresso após a pandemia Covid-19, realça que “a equipa voltou mais forte”, já que a paragem “foi usada de forma positiva para se ajustar alguns pormenores”.
Como destaque na temporada, César Martins realça a vontade do grupo “querer fazer mais pontos do que na temporada passada”, elevando, do mesmo modo, o triunfo na Luz, diante do Benfica, a primeira vez que tal aconteceu. 
Sobre a situa situação contratual ainda não sabe. “A pandemia alterou as regras do mercado, que ainda não abriu e ninguém sabe como será a janela de transferências. O meu contrato termina no final da temporada e não sei o que vou fazer. Vou aguardar e saber se eles querem a minha permanência. Depois, vou decidir o que vou fazer”.
De qualquer das formas, César Martins considera “difícil voltar ao Brasil”, porque “é muito feliz no CD Santa Clara. Tenho um carinho enorme pelos açorianos e pelo CD Santa Clara em particular, porque foi o clube que acreditou no meu potencial”.
Acerca de morar em São Miguel, longe do continente, não tem dúvidas que “a ilha é muito bonita. Nunca tinha ouvido falar dos Açores e particularmente de São Miguel. Que tiver condições de poder vir cá ficará muito assustado com a beleza natural das suas paisagens”. 
 

Print
Autor: CA

Categorias: Desporto

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima