Governo já gastou 346 mil euros para fazer 4.497 testes à Covid-19 a quem chega aos Açores

Entre 15 de Junho e 4 de Julho chegaram aos Açores 6.825 passageiros vindos do exterior. De acordo com a Secretária Regional da Saúde, Teresa Machado Luciano, destes passageiros, 2.328 chegaram aos Açores com teste feito na origem, com 72 horas de antecedência da viagem. Mas foram 4.497, os passageiros que tiveram de ser testados à chegada ao arquipélago, enviando as amostras biológicas para um dos dois laboratórios aptos a realizar este tipo de teste – São Miguel e Terceira. 
Com estes testes em cerca de quinze dias, o Governo Regional já gastou 346 mil euros, para dar resposta aos passageiros que optam por viajar sem testes na origem e que chegam à região através dos cinco aeroportos com ligação directa com o exterior. 
Teresa Machado Luciano falava na Assembleia Regional, em resposta a uma declaração da deputada social-democrata Mónica Seidi sobre Saúde e onde abordava a questão dos atrasos na comunicação dos resultados a quem chega à Região. Teresa Machado Luciano justificou há muita “burocracia por detrás” de um teste à Covid-19 é um acto médico e tem de ser prescrito e tem de ter um código de barras associado a cada amostra. Foi necessário fazer melhorias na plataforma Covid-19 para que todos os laboratórios consigam ler as informações sobre os doentes. 
Até agora, os testes à chegada à Região permitam detectar seis casos positivos na Região, sendo que quatro se registaram em São Miguel, um na Terceira e um nas Flores, ilha que até agora não tinha registado qualquer caso. 

Açores sem novos casos

Ontem, a Autoridade de Saúde Regional informa que as 888 análises realizadas nos dois laboratórios de referência da Região nas últimas 24 horas não revelaram novos casos positivos de Covid-19.
Assim, a Região mantém um total de 154 casos de infecção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença Covid-19, verificando-se, actualmente, seis casos positivos activos, sendo quatro na ilha de São Miguel, um na ilha Terceira e um na ilha das Flores.
As medidas de prevenção e contenção da pandemia devem ser mantidas e reforçadas, sempre que possível, por cidadãos e organizações públicas, privadas e do sector social.
A Autoridade de Saúde Regional reitera a necessidade de serem cumpridas todas as recomendações já tornadas públicas a este propósito, em especial a de, em caso de sintomas, não procurar um Hospital ou Unidade de Saúde, mas ligar para a Linha de Saúde Açores – 808 24 60 24.
O Governo dos Açores disponibiliza ainda a Linha Açores de Esclarecimento Não Médico COVID-19, com o número 800 29 29 29, que pode ser utilizada entre as 08h30 e as 18h30, nos dias úteis, e a Linha RIAC 800 500 501, que funciona de Segunda-feira a Sábado, das 09h00 às 22h30, e aos Domingos, das 10h00 às 22h30. 
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima