Requalificação da Avenida do Mar e Avenida Dr. João Bosco Mota Amaral custou 40 mil euros

A Câmara Municipal de Ponta Delgada anunciou ontem que investiu mais de 40.300 euros na requalificação do segundo troço da Avenida do Mar e da Avenida Dr. João Bosco Mota Amaral, parcialmente destruído aquando da passagem do furação Lorenzo no final de 2019.
Na altura, ficaram destruídos os arranjos paisagísticos, a pedra de basalto do capeamento do muro, a iluminação cénica embutida nesses elementos e o pavimento em betão betuminoso do parque de estacionamento da Avenida do Mar, construído no Verão de 2019.
Verificaram-se, ainda, alguns danos nos passeios em joga artística da Avenida do Mar e de dois pequenos troços da ciclovia.
Assim, na Avenida João Bosco Mota Amaral, os trabalhos de reposição do capeamento foram realizados pelos serviços da autarquia tendo-se adquirido as peças de basalto para substituir as danificadas no valor de 6.127 euros.
Os trabalhos de substituição dos equipamentos de iluminação cénica danificados foram realizados por uma entidade externa e representaram uma despesa de 16.247 euros.
Na Avenida do Mar procedeu-se à reconstrução do pavimento do parque de estacionamento em calçada de paralelepípedos e por administração direta.
Estes trabalhos, assim como a restante reparação pontual dos passeios, representaram um investimento de, aproximadamente, 18.000 euros.
A reparação desta zona está praticamente concluída, faltando apenas a reposição dos pavimentos da ciclovia, por se tratar de um material de natureza muito específica, cujo fornecimento e fabrico é mais complexo, diz a nota autárquica.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima