Terra Azul é única empresa de Portugal certificada pela WCA

Empresa de whale watching acredita que esta é a distinção pelo trabalho “em prol da educação para a ciência”

A empresa de whale watching, Terra Azul, com sede em Vila Franca do Campo, é a única empresa portuguesa do sector, e consequentemente açoriana, a ser reconhecida pela WCA (World Cetacean Alliance). A Terra Azul foi reconhecida em Junho com a WCA Responsible Whale Watching Certification - Certificação Responsável de Whale Watching, um programa global da World Cetacean Alliance desenvolvido por cientistas, empresas de whale watching e organizações de mais de 40 países. Trata-se de uma certificação que distingue e premeia o turismo responsável e sustentável, distinguindo as melhores experiências de observação de baleias e golfinhos pelo mundo, enquanto “Responsible Whale Watching Tour Operator” [operador de whale watching responsável].
Para Miguel Cravinho, sócio-gerente da Terra Azul, a empresa está “muito orgulhosa” por poder ostentar uma das mais exclusivas distinções. “Estamos orgulhosos por participar da selecção de especialistas da WCA no sector, com o nosso melhor esforço para promover um turismo respeitoso e sustentabilidade para as gerações futuras”, avança em comunicado o responsável da empresa.
Também o Director técnico e científico da Terra Azul, Lorenzo Fiori, destaca que esta certificação é “o reflexo do nosso foco em prol da educação para a ciência, e enquanto humanos a trabalhar, a melhor prática com conhecimento científico em acção, e responsabilidade ambiental em mente. Contribuir para os projectos de investigação da vida selvagem local, como o MONICET, é muito importante”, destaca o responsável científico pela empresa de whale watching no mesmo comunicado.
Já o Director de marketing da empresa com sede em Vila Franca do Campo, Filipe Sousa, acrescenta que esta certificação “reconhece o compromisso dos cientistas e profissionais que trabalharam na Terra Azul nos últimos 20 anos. Esperamos que isto os continue a inspirar, bem como a outros que lhes seguirão.
A Terra Azul é um operador de eco-turismo marítimo desde 2001, especializado na observação de cetáceos e viagens de natureza a operar em Vila Franca do Campo. Tem como foco principal a educação para a ciência, contributos para a investigação e a conservação ambiental, sendo que dados e imagens são recolhidos para contribuir para projectos de investigação e conservação, locais e internacionais, ao nível dos cetáceos, tartarugas e aves.
De acordo com a responsável pela comunicação e estratégia da World Cetacean Alliance, Sophie Lewis, citada em comunicado, “os nossos parceiros nos Açores são essenciais para o trabalho da WCA desde o seu início”. A responsável acrescenta que a instituição com sede no Reino Unido, está “muito orgulhosa por reconhecer o nosso novo parceiro, a Terra Azul, com a certificação WCA. Esta conquista destaca o compromisso contínuo com a sustentabilidade ambiental e a investigação, bem como o entusiasmo pela educação em tudo o que fazem”, explica.
A observação de baleias e golfinhos é um sector que movimenta 2 biliões de euros, disponível em 120 países, e que pode ter um impacto seriamente negativo no bem-estar das populações de cetáceos, quando não é devidamente direccionado. Mas se for conduzido de forma respeitosa e responsável, beneficia os visitantes e as comunidades locais, já que o sector além de ajudar na criação de emprego e de riqueza, também oferece uma oportunidade de ver animais no seu habitat natural, aumentando a sensibilização ambiental.
De acordo com a organização que “se preocupa, estuda e respeita os cetáceos”, o programa de certificação agora atribuído à Terra Azul é o único a nível global para o turismo da observação de baleias e golfinhos. É também o programa que representa os padrões técnicos internacionais para uma responsável observação de cetáceos, desenvolvido “pelo sector, para o sector”.
De acordo com a WCA, os clientes que escolhem as empresas certificadas com este programa “podem ter a certeza que estão a viajar com as melhores experiências de observação de cetáceos do mundo. Não só operam com o maior cuidado pela vida selvagem, sustentabilidade e experiência dos viajantes, como contribuem para projectos de sensibilização ambiental e conservação das baleias e golfinhos, quer locais quer internacionais”.
A Terra Azul pode agora ostentar mais esta certificação internacional, reconhecendo o cuidado que ao longo dos últimos 20 anos tem vindo a ter para com a vida marinha e a sua sustentabilidade. C.D.

 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima