Misericórdia da Ribeira Grande volta a ganhar prémio La Caixa

A Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande, através das suas valências de ATL’s, acaba de ser contemplada com mais um Prémio “la Caixa”, desta vez no âmbito da Infância 2020, numa iniciativa do BPI e da Fundação “la Caixa”, depois de ter vencido o prémio Solidário 2020.
Os Centros de Actividades de Tempos Livres, da Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande, surgiram como uma resposta de natureza sócio educativa, com vista à ocupação dos tempos livres de crianças entre os 5 e os 12 anos.
E com este projecto” Pequenos cliques, grandes leitores “ pretende-se munir as crianças de instrumentos que possam colmatar as dificuldades a nível da leitura, desenvolvendo a imaginação, a criatividade, a atenção, o espírito crítico, a oralidade e a comunicação, combatendo, ao mesmo tempo, a infoexclusão.
As actividades promovidas nestes Centros, são actividades de tempos livres integradas na educação extra-escolar, e têm como objectivo o desenvolvimento pessoal e social da criança, com particular relevância para a promoção da auto estima, auto conhecimento, autonomia, espírito critico, criatividade, relacionamento interpessoal, entre outros.
Com este prémio, será criada uma mini-bibliotecanos ATL’s, onde as crianças possam ter acesso a diferentes livros, aprendendo amanuseá-los e a explorá-los, através das imagens, cativando-os, desta forma, para a leitura. Partindo deste princípio, alia-se a utilização das novas tecnologias como ferramenta complementar, pondo em prática as competências adquiridas. Numa fase posterior, e de forma a promover a oralidade e a comunicação, criar-se-ão encontros intergeracionais, onde as crianças inseridas no projecto terão oportunidade de demonstrar os vários trabalhos realizados a nível da leitura e das TIC.
Desta forma, as actividades visam objectivos com um potencial criativo e de aprendizagem, que confiram prazer e divertimento na sua realização e que se alicercem nas características, necessidades, interesses e iniciativas de cada criança.
O facto da biblioteca estar inserida no CATL permite o acesso diário aos livros o que, consequentemente, possibilita uma ligação de proximidade entre estes e as crianças. Posteriormente, pretende-se que as crianças dêem asas à sua  imaginação e criatividade para elaborarem as suas ilustrações recorrendo às novas tecnologias como forma de incentivo para o desenvolvimento de uma relação de “amizade” com os livros.
A Misericórdia da Ribeira Grande foi uma das 31 instituições contempladas das 146 candidaturas de instituições sem fins lucrativos, com projectos diversos e muito meritórios, orientados para a melhoria da qualidade de vida e a igualdade de oportunidades de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.
Os projectos distinguidos promovem diferentes respostas sociais, mormente projectos inclusivos dirigidos a crianças e jovens em situação ou em risco de exclusão, entre outros.
O BPI e a Fundação “la Caixa” lançaram a 2ª edição do Prémio Infância, um prémio para apoiar projectos que facilitem o desenvolvimento integral e a saúde de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, bem como o reforço de competências parentais.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima