Investigação foi considerada prioritária devido ao alarme social

PSP detém desempregado de 28 anos como suspeito de dez roubos em Ponta Delgada e de tentar assaltar um banco

Agentes da Esquadra de Investigação Criminal de Ponta Delgada detiveram na noite de Quinta-feira, fora de flagrante delito, e em cumprimento de Mandado de Detenção emitido por Autoridade Policial, um homem, de 28 anos de idade, desempregado, e suspeito da prática de diversos furtos qualificados.
No âmbito da investigação realizada, considerada prioritária pelo elevado número de ilícitos e dado o alarme social,  conforme refere a PSP, em comunicado, foi possível reunir um conjunto de elementos probatórios que indiciam o agora detido, como o autor material de cerca de onze crimes contra o património,  recentemente ocorridos na cidade de Ponta Delgada, em concreto, em várias superfícies comerciais de grandes dimensões, estabelecimentos de restauração e bebidas e numa instituição bancária, este último, na forma tentada.
Segundo nota da PSP, o mesmo havia sido detido em flagrante delito no passado fim de semana, por furto de uma viatura automóvel, a qual se suspeita ter sido utilizada para o cometimento de alguns desses ilícitos.
O detido será presente perante à competente autoridade judiciária, para aplicação das medidas de coacção tidas por mais convenientes. 
Na ilha Terceira, a Divisão Policial de Angra do Heroísmo, através dos agentes da Esquadra de Investigação Criminal e da Força Destacada do Grupo Operacional Cinotécnico da Unidade Especial de Polícia, procederam, em 14 de Julho, no concelho de Angra do Heroísmo, à detenção em flagrante delito de dois homens com 34 e 47 anos, pela suspeita da prática do crime de tráfico de estupefacientes.
As detenções foram o resultado de uma investigação que decorria há vários meses, tendo, na data mencionada, sido realizada uma operação policial que consistiu na concretização de diversas diligências processuais, designadamente no cumprimento de uma busca domiciliária e de uma busca não domiciliária, as quais permitiram ainda a apreensão de 233 doses de heroína, quantias monetárias e outros objectos relacionados com o ilícito.
Os detidos foram presentes à autoridade judiciária competente tendo-lhes sido aplicada a medida de coacção de Termo de Identidade e Residência e a um deles a obrigatoriedade de realizar um programa de tratamento e desintoxicação, conforme refere a mesma fonte.
Com a presente operação, a Divisão Policial de Angra do Heroísmo regista na nota que “continua a sua acção de combate ao fenómeno do tráfico de estupefacientes, e, nessa medida, a potenciar o sentimento de segurança da população e na senda da visão da PSP: uma Polícia integral, humana, forte, coesa e ao serviço do Cidadão”.
No mesmo concelho, em cumprimento de Mandado de Detenção e Condução, foi detido e conduzido ao Estabelecimento Prisional de Angra do Heroísmo, um homem de 33 anos, para cumprimento da pena de prisão efectiva de 6 meses pela prática do crime de condução ilegal.
Em São Miguel, por agentes da  Esquadra da Lagoa, foi detido homem de 28 anos, por condução de veículo sem habilitação legal.          

 N.C.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima