5 de agosto de 2020

Resultados de testes no vulcão Etna em Itália vão ser recalibrados no vulcão da Lagoa do Fogo

O projecto MAGAT - “from MAGma to the ATmosphere - uma contribuição para desenvolver a próxima geração de sensores geoquímicos para a monitorização em tempo real do movimento do magma em profundidade”, teve o seu início no dia 1 de Agosto e trata-se de um projecto financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).
O principal objectivo deste projecto passa por contribuir para o desenvolvimento de equipamento geoquímico que forneça informação, em tempo real, sobre a movimentação do magma em profundidade. Para este fim serão testadas uma série de razões entre elementos químicos, medidos quer a partir do gás presente nas rochas, quer dos gases libertados para a atmosfera.
Para atingir estes objectivos serão estudados diversos sistemas vulcânicos que representam distintos estados de actividade e ambientes geodinâmicos, nomeadamente o vulcão Etna (Sicília, Itália) que é palco de actividade eruptiva frequente, e os vulcões quiescentes Fogo (Cabo Verde) e Água de Pau (também conhecido por Fogo, em São Miguel, Açores). No frequentemente activo vulcão Etna serão testados os parâmetros geoquímicos que melhor respondem a variações do magma em profundidade e, numa fase posterior, as razões geoquímicas serão recalibradas nos vulcões do Fogo e Água de Pau.
Vittorio Zanon, investigador do Instituto de Investigação em Vulcanologia e Avaliação de Riscos (IVAR) da Universidade dos Açores, e responsável do projecto, considera o projecto MAGAT um desafio muito ambicioso e aliciante, mas confia na qualidade da motivada equipa de investigação que envolve membros da Itália, França, Portugal e Espanha.
Dadas as condições pandémicas actuais, o encontro inicial do projecto decorreu de forma remota, através de videoconferência, e possibilitou discutir as estratégias de investigação assim como a organização dos trabalhos no contexto actual. O projecto terá uma duração de três anos e a equipa acredita que os resultados obtidos irão contribuir para melhorar as técnicas de monitorização de sistemas vulcânicos, essencialmente no que diz respeito à área da geoquímica.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima