Grandes quebras na pesca da lula e no valor de venda nas lotas dos Açores

Registaram-se, nos primeiros sete meses do ano, quebras significativas na pesca de lula nos mares dos Açores de 38,5% em quantidade e 57,7% em valor, segundo dados divulgados pela Lotaçor.
As embarcações de pesca da lula na Região, concentradas, na sua maioria em São Miguel e sobretudo no porto de Rabo de Peixe, tinham pescado nos primeiros sete meses do ano passado 885,5 toneladas de lula, no valor aproximado de sete milhões e cem mil euros.  
Já de Janeiro a Julho deste ano, foram pescadas na Região apenas 544 toneladas de lulas no valor de cerca de três milhões de euros.
Os dados estatísticos demonstram uma quebra acentuada no preço médio do quilo da lula em lota que este ano foi de 5.48 euros quando o ano passado se situava nos quase 9 euros por quilo. Em algumas lotas.
Esta diferença no preço médio do quilo da lula é bem evidente na ilha de São Miguel. Nos primeiros sete meses deste ano foram pescadas na ilha 409 toneladas de lulas, no valor de 2,4 milhões de euros. No mesmo período do ano passado foram capturadas em São Miguel 460 toneladas de lula no valor de 4,2 milhões de euros. Quase a mesma quantidade de lula pescada em São Miguel representou praticamente metade do valor em relação ao ano anterior.
No porto de Ponta Delgada foram descarregadas de Janeiro a Julho deste ano em lota 212 toneladas de lula no valor de 1,2 milhões de euros, o equivalente a um preço médio por quilo de 5.91 euros.
No porto de Rabo de Peixe, foram descarregadas no mesmo período 197 toneladas de lula no valor de 1.1 milhões de euros.
Já na ilha do Faial foram descarregadas em lota nos primeiros sete meses deste ano 5,9 toneladas de lulas no valor de 27 mil euros, o equivalente a um preço médio de 4,6 euros por quilo. Nas lotas do Faial foram descarregadas no mesmo período do ano passado 21,5 toneladas de lula no valor de 134 mil euros
Na ilha do Pico foram descarregadas no mesmo período de tempo 34,4 toneladas no valor de 155 mil euros, o que equivale a um preço médio de 4,5 euros por quilo. No Pico foram descarregadas em lota nos primeiros sete meses do ano passado 122,8 toneladas no valor de 950,8 mil euros.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima