Rui Bettencourt destaca “espírito de colaboração” entre Governo dos Açores e Marinha Portuguesa

A Comandante do Navio-Patrulha ‘Sines’, Capitão-Tenente Ester Pereira, e o Secretário Regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas, Rui Bettencourt, estiveram reunidos em Ponta Delgada. No final do encontro, Rui Bettencourt destacou o importante papel que a Marinha Portuguesa tem desempenhado na região.
“O patrulhamento e o controlo de espaço tem respostas mais modernas, com novas tecnologias e para nós Governo dos Açores, a Marinha é um parceiro fundamental para que se possa conviver com o mar e fazer frente aos novos desafios que o mar nos coloca”, referiu.
O governante deu como exemplo o apoio prestado por aquela instituição depois dos danos provocados pelo Furacão Lorenzo, em Outubro do ano passado.
“Veja-se o caso das Flores em relação ao furacão Lorenzo. Ainda há pouco tempo vimos a viagem que o Sines fez às Flores e que tem feito a outras ilhas dos Açores (…) Esta colaboração entre o Governo dos Açores e a Marinha Portuguesa é fundamental que continue. Quisemos, neste encontro, realçar este espirito de colaboração que tem marcado e que irá continuar a marca este relacionamento”, afirmou.
A Comandante do Navio Patrulha ‘Sines’ que irá patrulhar as águas dos Açores até ao próximo dia 12 de Outubro explicou quais as principais missões que o navio desempenha na região.
“Vamos fazer o patrulhamento dos grupos todos e a nossa principal missão é busca e salvamento marítimo e apoio às actividades de interesse público aqui na Região Autónoma dos Açores”, realçou.
Ester Pereira especificou que o ‘Sines’ garante “uma prontidão de busca e salvamento de 2 horas. Sempre que houver uma necessidade de emergência no mar, nós teremos de estar, em 2 horas, com o navio a sair para prestar esse apoio”, e que, “em termos de actividades de interesse público, nós cobrimos os 3 grupos de ilhas de transporte logístico, de apoio que seja necessário e desenvolvemos exercícios com os outros ramos das forças armadas”, afirmou.
A Comandante do ‘Sines’ admitiu igualmente que, em consequência da pandemia de Covid-19, este exercícios não se têm realizado com a mesma frequência do que em ocasiões anteriores.
“A pandemia veio afectar este tipo de exercícios. Nós temos estado a controlar este relacionamento. Os exercícios continuam a decorrer mas sempre com menor contacto possível para garantir que não há problemas”, referiu.
Para além desta audiência, a Comandante do Navio Patrulha ‘Sines’ deslocou-se também à Câmara Municipal de Ponta Delgada, onde reuniu  com a Presidente da autarquia, Maria José Lemos Duarte.

Luís Lobão

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima