Açores promovem canyoning através da qualificação de 46 ribeiras dos Açores

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo adiantou que o Governo dos Açores está a implementar um projecto de estruturação do produto turístico canyoning, intervindo e qualificando 46 ribeiras nas ilhas das Flores, Santa Maria, São Miguel, Terceira, São Jorge e Faial.
Marta Guerreiro falava no Poço do Bacalhau, no concelho das Lajes da Flores, na apresentação do projecto de qualificação das ribeiras para canyoning, que está a ser desenvolvido em parceria com a Associação Desnível nos Açores. “Apresentamos este projecto nas Flores, uma das nossas ilhas emblemáticas para a prática deste produto de Turismo de Natureza Activa, que pretendemos que seja potenciado por via das várias acções que temos implementado”, frisou a governante.
Marta Guerreiro acrescentou que a ilha das Flores “já tem o trabalho de reequipamento concluído, tendo-se já iniciado a implementação da sinalética, prevendo-se que até meados de Outubro todas as 46 ribeiras fiquem completas, não invalidando que futuramente outras venham a fazer parte desta rede oficial agora instituída”.
Ao nível da avaliação e melhoria do equipamento existente, estão a ser substituídas ancoragens nas ribeiras, sendo que aquelas que se encontram junto ao mar levarão ancoragens em titânio por serem resistentes à acção da maresia e, em ribeiras com grandes verticais, serão colocadas reuniões com correntes, referindo ainda que “foi desenvolvida sinalética própria para o canyoning, identificando e direccionando os praticantes até ao início das ribeiras”, disciplinando-se também os praticantes para não utilizarem diferentes percursos, que podem passar por áreas mais perigosas ou até mesmo ambientalmente mais sensíveis, prevendo-se que esta fase do projecto fique concluída até final de Novembro.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima