Cristina Calisto visita escolas no arranque de novo ano lectivo

A Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto, juntamente com a vereadora da área da Educação e Cultura, Albertina Oliveira, visitaram as escolas do concelho, ontem, dia em que se assinalou o arranque do ano escolar, marcado pelas inúmeras medidas de prevenção e combate à pandemia Covid-19. 
A Escola Básica e Integrada de Lagoa, a Escola Básica e Integrada de Água de Pau, a Escola Secundária de Lagoa e a EBI/JI Prof. Octávio Gomes Filipe foram as escolas visitadas pela edil lagoense, a fim de averiguar a implementação das novas medidas de segurança. 
Cristina Calisto acompanhou, assim, por perto, o arranque deste ano lectivo, “um ano diferente dos outros, onde foi necessário tomar várias medidas de precaução, porém, procuramos dar início a este ano lectivo da forma mais calma e tranquila possível, conferindo que, todas as condições estão implantadas para a segurança tanto dos alunos, como dos docentes das escolas do concelho”.
Segundo nota da autarquia lagoense,  em algumas escolas foram realizas obras de melhoria e de requalificação, nomeadamente intervenções complementares que asseguram as necessidades de alguns edifícios escolares, principalmente, no que diz respeito ao desdobramento das salas de aulas, onde o espaço foi adaptado para manter o distanciamento recomendado pela Direcção Geral de Saúde (DGS).
As intervenções consistiram na reestruturação e requalificação de espaços, a criação de salas de apoio, algumas destinadas ao atendimento, a área do recreio e do lazer, sendo que o principal objectivo passou por se garantir as normas de distâncias de segurança e prevenção da contaminação por Covid-19 nos diversos estabelecimentos de ensino, na Lagoa.
Por outro lado, a Presidente da Câmara Municipal de Lagoa visitou também a obra de construção de um alpendre na escola EBI/JI Prof. Octávio Gomes Filipe, na freguesia de Nossa Senhora do Rosário, na Lagoa, um investimento autárquico de 52.278,37 euros, que teve um apoio comparticipado pelo PRORURAL, em 40.214,13 euros. 
A intervenção visou dotar esta escola de um espaço polivalente, que irá favorecer a realização de actividades de entretenimento, associadas à Educação física nos dias em que as condições climatéricas não sejam propícias para a concretização destes exercícios em zonas de recreio exterior.
Esta é, aliás, uma intervenção semelhante à que já foi realizado pela Câmara Municipal de Lagoa noutras escolas do 1º ciclo do ensino básico do concelho, nomeadamente nas escolas B1/JI D. Manuel Medeiros Guerreiro, EB1/JI Tavares Canário e EBI/JI Dr. José Pereira Botelho. A realização destes alpendres adjacentes aos edifícios escolares irão dotar as mesmas de melhores condições para os docentes, funcionários, alunos e professores. 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima