Tripulante chinês resgatado a mil quilómetros dos Açores pelo navio da Marinha “Sines”

 O navio de patrulha oceânico “Sines”, em missão nos Açores, resgatou ontem um tripulante de nacionalidade chinesa que se encontrava a bordo do navio mercante “Azzura”, com bandeira das Ilhas Marshall, a cerca de 635 milhas náuticas (1176 km) a sudoeste da Ilha Terceira. 
O alerta foi recebido pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), no dia 27 de Setembro, a informar que um tripulante de 47 anos de idade apresentava uma sintomatologia compatível com um enfarte e necessitava de cuidados médicos imediatos. 
O navio “Sines” foi empenhado para o local cerca das 11h05 (horas locais) do dia 27 de Setembro, tendo chegado à área de operações cerca das 06h20 (horas locais) do dia 28, onde efectuou o resgate do tripulante. 
Após o resgate, o navio navegou em direcção à ilha Terceira para alcançar o raio de acção do helicóptero EH-101 da Força Aérea. Nesse momento, o tripulante foi transferido para a aeronave, cerca das 17h00 do dia 28 de Setembro, tendo sido posteriormente transportado para a Base Aérea das Lajes, na Ilha Terceira. A aeronave aterrou cerca das 18h55 do mesmo dia, tendo o tripulante sido transportado para o Hospital Santo Espírito, na Ilha Terceira.  
A operação de resgate foi coordenada pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), em articulação com o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento das Lajes (RCC Lajes), e envolveu o navio da Marinha NRP “Sines”, duas aeronaves da Força Aérea (EH-101 e C-295) e uma ambulância do Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima