Miguel de Medeiros Simas, novo Presidente da Direcção do Lions

A cooperação e a solidariedade social definem o Lions Clube de São Miguel

 Cumprindo as disposições regulamentares e no seguimento de actos internos, o Lions Clube de São Miguel acaba de mudar de Direcção. 
No decurso da cerimónia de transferência de poderes, o Presidente cessante, Paulino Amaral, apresentou o Presidente imediato, Miguel Medeiros Simas e os demais membros que integram o seu elenco directivo que, na ocasião, iriam ser empossados, tendo o primeiro dado conta das actividades desenvolvidas ao longo do ano lionístico e, o outro, apresentado as principais acções a desenvolver durante o mandato que agora inicia.

Cooperar com a comunidade

 Paulino Amaral fez, aos membros do Clube, reunidos em Assembleia, um balanço das actividades desenvolvidas ao longo do ano lionístico findo, em que destacou a cooperação havida com instituições e núcleos familiares das comunidades locais, nomeadamente nas áreas da saúde, educação, bem-estar social e ambiente, ao mesmo tempo que relembrou onde e como – em que locais, em que ambientes e em que situações – foi ao Clube possível “SERVIR” ( que é o lema dos Lions) agradecendo, na oportunidade, a todos quantos, companheiros ou amigos dos Lions, dispuseram do seu tempo, da sua capacidade empreendedora e mesmo dos seus recursos materiais para ajudarem o Clube a cumprir os seus objectivos e  a ajudar os outros.
O Presidente cessante enumerou, na oportunidade, os encontros e convívios, de amizade e de trabalho entre os seus membros e mesmo com outros Clubes Lions, tendentes a fortalecer o seu Corpo Social e comprometendo-o em missões de cariz solidário, a favor das comunidades que abrange, ao longo do exercício.

Apoiando a luta à Covid-19

O Clube celebrou, com a dignidade devida e a solenidade adequada, a memória do fundador do Lionismo, Melvin Jones, colaborou com a ACAPO disponibilizando instrumentos adaptados para os invisuais associados, colaborou na aquisição de equipamento de combate à Covid-19 para o hospital de Ponta Delgada, apoiou estudantes universitários em dificuldades financeiras e marcou ainda presença activa em iniciativas desenvolvidas por outros clubes Lions da ilha. 
Acrescente-se que foi ainda no mandato de Paulino Amaral que a Governadoria dos Lions de Portugal e as suas Assessorias internacionais viram aprovada a candidatura que apresentaram à Associação Internacional de Lions Clubes para ajudar Portugal a combater a Covid-19 em vários estabelecimentos de saúde do país, em resultado do que foi atribuído um equipamento de suporte de vida (ventilador) ao Hospital do Divino Espírito Santo, em cuja cerimónia de entrega esteve a Presidente de Divisão Lionística, e dirigente do Lions Clube local, Luísa Magalhães, acompanhada por dirigentes de vários clubes da ilha.

A cerimónia de investidura

Seguiu-se a cerimónia de investidura dos novos Órgãos Sociais do clube, presididos por Miguel de Medeiros Simas, que tem a acompanhá-lo, na sua Direcção, para além de Paulino Amaral  (secretário), Guilherme Bettencourt Miranda (tesoureiro), Ricardo Botelho e Camilo Moniz (Vice-presidentes), João José Mota, Fernando Flor de Lima e José Nunes (vogais), Luísa Magalhães (coordenadora LCIF), Carlos Bedo (Director) e Emília Benevides (assessora de serviços), sendo o Conselho Fiscal presidido por Octaviano Mota, que tem como  Vogais José Luis Alves e Fátima F. Almeida.
Como convidados de honra, participaram na sessão Alda Sousa, Presidente do Rotary Clube de S. Miguel e ainda Ana Catarina Gomes, em representação Delegação da ACAPO – Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal, instituição que, em São Miguel, há 35 anos foi criada sob o forte impulso dos Lions de Portugal e alto patrocínio do Lions Clube de S. Miguel. Uma e outra convidada, nas suas intervenções, enalteceram o trabalho do Lions Clube anfitrião, junto das comunidades em que se integra, enaltecendo a sua capacidade de intervenção social e o generoso e atento espírito de servir que anima cada um dos seus membros.

“Servir com ética”

Na sua intervenção, o novo Presidente, Miguel Medeiros Simas, reconheceu não ser fácil dirigir um clube com mais de 40 anos de história e, muito menos, “suceder a grandes vultos da nossa terra que, ao longo dos tempos, dedicadamente o dirigiram, com muitas obras realizadas e com vastos serviços prestados à sociedade”, mas manifestou-se confiante e determinado em cumprir o seu mandato, sempre animado do propósito de “levar o barco a bom porto”.
Escolheu para lema do seu exercício “SERVIR COM ÉTICA”, pois “nós, Lions, que também somos cidadãos, temos os nossos princípios éticos de cidadania enraizados e desenvolvidos, os quais devem ser ampliados e interiorizados e cimentados, não só para sermos Lions de corpo inteiro e melhores cidadãos, mas, também, com o objectivo de ajudarmos à consolidação de uma sociedade mais justa e, consequentemente, mais amiga e mais feliz”.

Actividades a desenvolver

Os novos dirigentes do Lions Clube de S. Miguel reuniram, na respectiva sede, na passada terça-feira, dia 15, com o objectivo de preparar o esboço do Plano de Actividades a executar durante o seu mandato e, segundo anunciouna abertura dos trabalhos o Presidente Miguel Simas,é propósito da sua Direcção dar seguimento aos eventos e às actividades que o Clube tem vindo a desenvolver nos últimos anos, acrescentando ouras emergentes e viáveis e, se possível e o Covid o permitir, retomar os Fóruns que se fizeram antigamente, abertos à sociedade, convidando especialistas de diversas áreas, para versarem temas sobre assuntos pertinentes, oportunos e de reconhecido interesse para a sociedade. O documento produzido nesta reunião dos novos Órgãos Sociais do Clube, elencando os tópicos dos temas, actividades e intervenções a desenvolver ao longo do ano, irá agora ser desenvolvido, ao nível das diferentes Comissões de Trabalho, do que resultará o Plano de Actividades, definitivo e calendarizado, que o Lions Clube de São Miguel se propõe aplicar ao longo do presente ano lionístico.
Poder-se-á desde já adiantar que os próximos eventos, a comemorar, já em Outubro, serão o 41º aniversário do próprio Lions Clube de S. Miguel, e o Dia Internacional do Serviço Lionístico, que imortaliza o dia em que, em Dallas (EUA), se realizou a Convenção que criou o Movimento Lionístico, hoje o maior movimento de clubes de serviço do mundo.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima