Vasco Cordeiro aconselha Rui Rio “a não tentar fazer passar os açorianos por tolos”

O Presidente do PS/Açores criticou as declarações de Rui Rio sobre a necessidade de haver uma alternância na governação regional. Confrontado com as declarações do líder nacional do PSD, o líder dos socialistas açorianos lembrou também “a conversa infeliz”, quando Rio disse que os Açores não valiam “mais do que 12 mil votos”, justificando assim a não atribuição de um lugar elegível no Parlamento Europeu nas listas nacionais social democratas.
“O Dr. Rui Rio é muito bem-vindo aos Açores”, afirmou Vasco Cordeiro, para quem a visita do líder social-democrata deve servir para aprofundar o seu conhecimento sobre os Açores. “Só há uma coisa, não em relação ao cidadão, mas ao político Rui Rio, que me dói um bocadinho. Primeiro é o de querer fazer passar os açorianos por tolos, que não o são”, referiu, aproveitando, a este propósito, para lembrar que “na Madeira há um Governo do PSD há 44 anos”, sem que Rui Rio defenda aí as vantagens da alternância governativa.
Vasco Cordeiro recordou, ainda, que “o PSD na Assembleia da República não apoiou, não aprovou, a lei do mar que reforça os poderes da Região Autónoma dos Açores”, considerando ser ilustrativo que “haja quem nos Açores vá atrás, ache bem e até aplauda atitudes deste género – no caso o PSD/Açores. É caso para dizer ao que chegou o PSD/Açores”, criticou.
O Presidente do PS/Açores reagiu assim às declarações de Rui Rio, à margem de um conjunto de visitas que realizou no Faial, onde aproveitou para destacar a aposta estratégica do Partido Socialista para “reforçar a centralidade da ilha do Faial nas questões ligadas ao Mar”, como demonstram os quase 4 milhões de euros que estão a ser investidos na obra do entreposto frigorífico da Horta e os investimentos realizados como “a criação da Escola do Mar dos Açores”, o “compromisso de instalação na ilha do Faial do Centro de Aquicultura”, bem como as melhorias que estão a ser feitas “nas condições de acolhimento e de funcionamento daquela que é considerada uma das mais belas baías do mundo”.
Relativamente ao sector das Pescas, o líder dos socialistas açorianos, salientou a importância da aposta “na formação profissional dos nossos pescadores”, na “valorização do pescado” e, consequentemente, na “melhoria do seu rendimento”. Vasco Cordeiro lembrou que nos últimos 8 anos, “duplicamos o valor médio da primeira venda em lota do pescado aqui nos Açores”, sendo que “no Faial essa diferença até é mais expressiva, passando de cerca de 3 euros para mais de 7 euros”.
Para o Presidente do PS/Açores há outras áreas de investimento que também merecem destaque, na ilha do Faial, como é o caso da Saúde.  “Nós tivemos um investimento significativo ao nível das infraestruturas de saúde, mas temos a consciência que não basta ter as infraestruturas. Temos de reforçar as condições para a prestação de cuidados de saúde, nomeadamente ao nível do próprio corpo médico”. Por fim, o Presidente do PS/Açores referiu que não está tudo feito, sendo, por isso, necessário continuar a trabalhar para fazer mais e melhor em prol da coesão e desenvolvimento regional, razão pela qual também se apresenta a um terceiro e último mandato como Presidente do Governo.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima