13 de outubro de 2020

Mobilizar o eleitorado

A campanha eleitoral está aí em força e, não fora a pandemia, muitas arruadas já se teriam realizado pelas várias povoações dos Açores. Infelizmente, a festa da democracia este ano é mais parda e todos os Partidos têm pugnado por cativar os eleitores, havendo, felizmente, uma mão cheia de políticos que sabem ao que vão.
Hoje falo de José Manuel Bolieiro, o líder do PSD que se apresenta aos eleitores, com o propósito de ganhar as eleições regionais do próximo dia 25 de outubro, com o intuito de fazer diferente e garantindo a criação de mais diálogo social.
Para o líder do PSD, os açorianos têm uma oportunidade de escolher um projeto alternativo para renovar a forma de governar os Açores.
 De forma tranquila e com a sua postura serena, ele não entra em guerrilhas políticas, mas mostra com clareza como entende mobilizar a sociedade açoriana para concretizar o potencial de cada uma das nossas ilhas.
A credibilidade e determinação do candidato a Presidente do Governo Regional pelo PSD Açores tem sido um fator que contagia, não apenas os militantes e simpatizantes do Partido, mas também os eleitores açorianos de vários quadrantes, bem como a justeza das suas propostas apresentadas.
Como ele próprio o diz, o seu perfil político é reconhecido como respeitador e dialogante, o que vai ao encontro daquilo que o eleitorado do centro e da direita necessita de ouvir, porque ele sempre preconizou um debate plural e democrático, como convém num regime como o nosso. Já  Winston Churchill na Câmara dos Comuns, em 11 de novembro de 1947 dizia que “a democracia é a pior forma de governo, salvo todas as demais que têm sido experimentadas”. 
Nesta campanha eleitoral, José Manuel Bolieiro pede que lhe seja dada uma oportunidade para liderar a desejada construção de uma alternativa de governo, que considera necessária, contando, para tal, com o apoio de cada eleitor, em cada uma das ilhas dos Açores, pois a Região precisa de novas políticas.
O líder do PSD Açores preparou-se para este embate político e com o seu discurso assertivo e coerente ouviu as forças vivas da sociedade açoriana, tendo promovido o Congresso da Sociedade, que permitiu a que tantos e tantas cidadãos pudessem contribuir com as suas ideias e opiniões para a elaboração de uma proposta programática para apresentar ao eleitorado e este possa escolher livremente nestas regionais do final do mês.
Vários são os exemplos concretos das soluções que ele preconiza para resolver alguns problemas das nossas ilhas, mormente aquilo que se poderia apelidar de uma das suas bandeiras e que diz respeito à criação de um mercado efetivo de mobilidade regional, com um novo modelo de obrigações de serviço público de transporte aéreo e marítimo de pessoas e mercadorias, possibilitando a que cada açoriano possa circular entre as ilhas a preços acessíveis, assim como a promoção dos produtos de cada ilha, potencializando o mercado interno.
Nesta sequência, a tarifa Açores para residentes, em que cada açoriano tenha um só preço de viagem (proposta de 60€), como acontece com os preços uniformes existentes nos Açores para certos bens e serviços, é uma medida que se aplaude, sabendo-se embora o custo que ela terá para o orçamento da Região. 
O treino educativo para promover o sucesso educativo é outra das medidas que José Manuel Bolieiro propõe e que, a resultar, possibilitaria um salto qualitativo para a educação e para a formação dos nossos jovens, cujas taxas estão muito longe de serem as que os açorianos tanto aspiram. 
Todos os Partidos estão na rua a tentar cativar o eleitorado e todos pretendem obter os melhores resultados de sempre, a começar pelo que suporta o atual Governo Regional, que tudo faz para assegurar um terceiro mandato com maioria absoluta. 
Mas acima de tudo, convém que, independentemente de quem ganhar estas eleições, o eleitorado seja mobilizado e incentivado a ir às urnas, dando-se a oportunidade a todos os açorianos para que possam cumprir, mesmo em tempo de pandemia, o seu direito inalienável de votar e escolher quem lhe dá mais garantias de sucesso.
 

Print

Categorias: Opinião

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima